domingo, 16 de agosto de 2015

Resenha: livro O Clube do Biscoito, Ann Pearlman

 Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é O Clube do Biscoito, escrito  pela Ann Pearlman e publicado no Brasil pela Editora Bertrand Brasil em 2011.

Resenha, livro, O Clube do Biscoito, Ann Pearlman

 A história se passa nos Estados Unidos e é narrada por Marnie, a organizadora de um Clube do Biscoito que começou há 16 anos. Todos os anos, sempre na primeira segunda-feira de dezembro, as 12 participantes do clube se reúnem na casa de Marnie. Cada uma deve fazer 13 dúzias de biscoitos caseiros, uma dúzia irá para uma instituição de caridade e as demais serão divididas entre o grupo.

 Ao longo dos anos, as integrantes do grupo vão mudando (algumas saem por que se mudam de cidade, por exemplo) e novas participantes são acolhidas. No final das contas, o que une esse grupo é a amizade! Marnie já está próxima dos 60 anos, e cada participante do clube apareceu em um momento de sua vida: desde a época do colégio, passando por seus empregos, pelos seus casamentos, até o último ano. A mais nova biscoiteira do clube é a mãe de seu genro, as duas tem famílias muito diferentes e se conhecem há poucos meses, sua entrada no clube é uma forma de aproximar um pouco mais as duas famílias.

 "Às vezes não consigo conceber as diferentes versões de mim, de Marnie. E, no entanto, as amigas que conheceram as outras adaptações minhas ao longo das décadas ainda são parte da minha vida corrente. É como se as minhas amigas fosse provas da minha história. Testemunhas, quando estamos juntas, de toda a minha existência." (página 84)

 O livro é dividido em capítulos, e cada capítulo foca em uma das participantes; a história se desenrola praticamente em uma única noite, a noite da reunião do clube na casa de Marnie. Enquanto ela aguarda ansiosamente uma ligação de sua filha mais velha, Sky, que lhe dirá se a médica encontrou ou não algum problema nos resultados dos exames e se Sky poderá prosseguir com sua gravidez (já que as anteriores não deram certo), Marnie se depara com várias outras questões com suas amigas: duas eram inseparáveis e agora não se falam mais por causa do pai de uma delas; uma precisa voltar logo para casa porque acabou de adotar uma menina na China; outra sonha em ser mãe, mas o marido não quer filhos; uma perdeu o filho de forma trágica; outra tem um relacionamento com um homem muito mais novo, que tem medo de ela morrer e deixá-lo sozinho. Marnie também tem um relacionamento com um homem mais jovem, e depois de já ter sofrido tanto por amor, talvez esteja finalmente pronta para mergulhar de cabeça nessa relação.

 "- Você se senta ao meu lado e me ouve e chora comigo. É tudo o que há. É amor." (página 61)

 O Clube do Biscoito é basicamente um livro sobre amizade, com personagens que passam por algo que nós provavelmente já passamos ou ainda vamos passar algum dia.

 Consegui o livro emprestado em um grupo que participo no Skoob, o exemplar que li também já foi lido por umas 50 pessoas do grupo (o que o torna ainda mais especial), e por ter visto tantos elogios sobre ele, minha expectativa era bem alta, de forma que o livro não poderia alcançá-la. Eu gostei bastante de O Clube do Biscoito, mas queria que ele fosse maior, fiquei curiosa para saber como estaria o clube no ano seguinte, terminei a leitura com aquela vontade de saber o que aconteceria depois daquela noite, depois de tudo o que ela significou na vida de cada uma das participantes, como seria o próximo dia da vida dos personagens.

Resenha, livro, O Clube do Biscoito, Ann Pearlman, amizade, receita, Bertrand, trechos
Resenha, livro, O Clube do Biscoito, Ann Pearlman, amizade, receita, Bertrand, trechos
Resenha, livro, O Clube do Biscoito, Ann Pearlman, amizade, receita, Bertrand, trechos

 No início de cada capítulo, há a receita do biscoito feito por cada participante, algumas mais elaboradas, outras mais simples (mas nenhuma que eu me sinta capaz de fazer), e tem alguns ingredientes mais característicos dos Estados Unidos. E no final do capítulo, há curiosidades sobre algum ingrediente das receitas: farinha, amêndoas, açúcar, sal, canela... foi muito interessante saber como e onde eles surgiram, quais suas características, etc.

 Eu gostei da capa, tem a ver com a história. A diagramação está boa: com margens, espaçamento e fonte de bom tamanho, as folhas são amareladas e há o desenho de biscoitinhos no início de cada capítulo.

 "Taí uma coisa que eu me questiono: quando vejo uma amiga se direcionando para uma estrada difícil, até que ponto sou a amiga que ouve, carinhosa, e até que ponto devo advertir? (...) As amigas sempre vão fazer aquilo que desejam, apesar de tudo. E, apesar de tido, eu estarei ao lado delas. Não tenho nenhum interesse em mudar isso." (página 79)

 O Clube do Biscoito é um daqueles livros que deixa alguma coisa para o leitor: o aprendizado de uma receita nova, a descoberta da origem de uma especiaria, a ideia de também montar um Clube do Biscoito (sim, a história foi inspirada num clube real!), ou talvez uma nova forma de enxergar a amizade e a importância de se ter amigos. Recomendo a leitura!

 "Aprendi que, mesmo que você faça tudo como deve ser feito, as coisas podem dar terrivelmente errado; portanto, é melhor fazer o que seu coração mandar." (página 179)

 Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado da resenha. Alguém aí já conhecia o livro?


Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

10 comentários:

  1. Eu nunca tinha ouvido falar deste livro. Mas que ideia inusitada esta de criar um clube do biscoito hahahahaha Fiquei surpresa de saber que foi inspirado em um clube real. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. OI Mari...
    Que livro legal, a história me interessou muito. Gosto quando amizades são abordadas. Sem contar que curto essas inovações de colocar algo diferente em cada início de capítulo. Curti demais a resenha, e já me interessei pelo livro. Não sabia que tinha grupos no Skoob que emprestavam livros. Já quero conhecer esse grupo hehe

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olha sinceramente tenho que confessar que sua resenha me chamou atenção, porque adoro livros que abordam sobre a amizade e o melhor de tudo é quando é aquela história simples que nos envolve. Espero poder ter a oportunidade de fazer a leitura do livro. Depois passa o nome desse grupo, porque até eu me interessei. hahahahaa

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-procura-se-um-marido.html

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Nunca tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, mas tô apaixonada pela sua!
    O livro parece uma graça, vou procurar para comprar!
    Beijo grande!

    Livros da Jess

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem!

    Que fofo. Adorei o título e a premissa. E que gostoso esta viajem que o livro está fazendo, hein? muito bacana. Achei bem diferente, com certeza eu leria.

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oii que livro mais fofo!!
    Não o conhecia mas parece ser aquela historia gostosa sabe... com certeza eu o leria. Coloquei na minha lista :3


    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mari!
    Não conhecia o livro, e mesmo sendo doce (ó o trocadilho rs), não leria porque sou chata e prefiro livros mais épicos no sentido da aventura e fantasia. Mesmo assim, esse livro é um amor e a diagramação está linda! Parabéns pela resenha.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando || Livre-se você também!

    ResponderExcluir
  8. Ah, que livro mais gracinha. A história parece ser bem interessante. O que mais me chamou a atenção foram as receitas, que delícia receita de biscoitos hummm Sua resenha ficou ótima. Beijos, Érika

    ~www.queroseralice.com.br~

    ResponderExcluir
  9. Olha, eu gostei muito do tema do livro, aborda atos de caridade, super legal. foi a parte que chamou minha atenção para o livro. Taí um livro que eu leria.bjsss
    www.katiamagal.com

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bom?
    Vi esse livro na biblioteca uma vez e não tinha lido a sinopse, mas conhecia a capa. Achei a premissa fofa, principalmente por abordar a amizade entre as personagens e passar uma mensagem bem bacana. Gostei muito da proposta que esse livro tem.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados