quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Resenha: livro "Vrykolakas", Nathalia Yamao

 Olá, pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é Vrykolakas: apenas lembranças, escrito pela Nathalia Yamao e publicado pela Editora Schoba.

Resenha, livro, Vrykolakas, Nathalia Yamao, Schoba, vampiros

 "As quatro se reuniram na sala de estar com a pizza, o grande pote de batata frita e comeram juntas, enquanto conversavam e assistiam a um filme na TV; uma cena aparentemente normal, se não fossem os copos cheios de sangue humano que estavam apoiados na mesinha de centro." (página 10)

 No livro conhecemos Mika, Midore, Rukia e Tomoyo, quatro vampiras com aparência de adolescentes que moram num apartamento em Nova York. Cada uma passará por uma situação diferente que lhe despertará lembranças, e é através dessas lembranças que a história nos é contada.

 Atualmente, elas evitavam se misturar com os humanos, mas nem sempre foi assim, houve uma época em que elas até estudaram em um colégio em Londres, mas alguns acontecimentos mostraram que era impossível vampiras conviverem tão intensamente com humanos. Não que elas atacassem as pessoas, mas elas tinham sede de sangue, e era difícil se alimentar cercadas por humanos.

 Sendo "jovens" e bonitas, era normal que despertassem interesse e se interessassem por relacionamentos amorosos, mas amar sendo uma vampira não era uma coisa fácil. E elas tiveram que aprender a viver com a dor da perda, o peso das consequências de suas escolhas e a culpa por relacionamentos que não deram certo.

 As quatro nunca quiseram ser imortais nem se conheciam antes da transformação, cada uma tinha sua história e seus sonhos, mas não foi por acaso que elas foram escolhidas para se tornarem vampiras há muito tempo atrás. E o ponto mais impactante do livro é o motivo por traz da transformação das jovens, e a descoberta de que a antiga ameaça parece ainda estar rondando.

 " - Então ele pretende tomar o corpo de algum deles? - perguntou Rukia.
 - Acho que sim. - respondeu Tomoyo, ainda com o corpo e a voz trêmulos.
 - Temos que impedi-lo. - falou Rukia em um tom determinado.
 - E matar Volker de uma vez por todas! - disse Midore, com olhar de raiva, já que Volker foi o responsável pela sua transformação e pela morte de seus pais.
 - Mas antes temos que saber quem realmente é o alvo. - disse Tomoyo." (página 107)

 Confesso que eu quis ler Vrykolakas por ter achado o título curioso e por ter gostado da capa, sem expectativa alguma, e terminei a leitura bem satisfeita com a história da Nathalia Yamao. Ela fugiu do que já conhecemos sobre vampiros na literatura, acrescentou toques da mitologia e da cultura japonesa (ela é descendente de japoneses) e tornou Vrykolakas uma obra única. Os vampiros da Nathalia bebem sangue sim, mas não tem medo do sol ou precisam dormir em caixões, por outro lado, alguns são mais poderosos do que os outros, especialmente as protagonistas, que tem dons especiais.

 "Depois de viverem por tanto tempo, as quatro acumularam muitos imóveis, que geravam uma quantia considerável para elas, e além disso, para pessoas que podiam manipular o tempo, o vento, a terra e realizar qualquer tipo de sortilégios, a falta de dinheiro nunca seria um problema. Habilidades que as diferenciavam dos outros de sua espécie, algo incomum mesmo para o mundo místico, e que as tornavam desejáveis para todos os outros." (página 10)

 A autora optou por contar a história voltando no tempo, no início estamos nos dias atuais e a trama começa de forma bem despretensiosa, depois vamos para Londres em 1960, depois para Madri no início do século passado, e vamos voltamos até antes da transformação das protagonistas; no final da história estamos novamente nos dias atuais. Creio que se a autora tivesse optado por seguir uma linha do tempo diferente, começando a trama quando as protagonistas ainda eram humanas e depois mostrando o que elas enfrentaram ao longo do tempo, a história ficaria ainda melhor, pois o leitor compreenderia a sequência dos fatos com mais facilidade.

 O livro termina de um jeito que pode ter continuação (que eu adoraria ler, por sinal), mas não achei nada a respeito disso pesquisando na internet. Se alguém souber de alguma coisa, me conta por favor. Se eu descobrir novidades, edito a resenha e conto para vocês.

Resenha, livro, Vrykolakas, Nathalia Yamao, Schoba, vampiros, quotes, opinião, trechos, citação, capa, sobrenatural, literatura-nacional
Resenha, livro, Vrykolakas, Nathalia Yamao, Schoba, vampiros, contracapa, sinopse, sobre-a-autora

 Achei a capa super bonita, tem a ver com a história, gostei das cores e das fontes escolhidas. A diagramação está boa, com margens, espaçamento e letras de bom tamanho. As páginas são amareladas.

 Vrykolakas: apenas lembranças me surpreendeu e é uma boa indicação para quem procura uma leitura rápida ou um livro que foge dos clichês que já vimos por aí quando o assunto são vampiros e outros seres sobrenaturais. É também uma boa indicação para quem gosta de livros relacionados ao Japão ou que gosta de autores nacionais.

 Detalhes: 260 páginas, ISBN-13: 9788580133257, Skoob. Onde comprar online: Martins Fontes Paulista.

 Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado da resenha. Alguém aí já conhecia o livro? Gostam de histórias de vampiros? 

Participe dos sorteios do blog:


Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

19 comentários:

  1. Achei o título bem estranho, mas ao mesmo tempo bem instigante.
    Adorei sua resenha, e apesar de ser uma história de vampiros (coisa que nao me agrada) eu senti um pingo de curiosidade para ler esse livro.
    Beijos


    http://myself-here1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Pensa numa pessoa que fica feliz quando o blogueiro gosta do livro?! Parabéns pela resenha! Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Oiee! Amei a capa do livro e a sua resenha tbm, o livro aparenta ser bem interessante, adoro livros que no final deixam a gente pensando se terá continuação ou não.

    ResponderExcluir
  4. Que capa legal... Eu não gosto muito de livro de vampiros, Maaas esse eu leria sim, porque como vc falou, é diferenciado das outras historias!!

    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, como vai?
    A capa é muito top. Mas quanto os vampiros não dormirem em caixões não é uma coisa que veio dessa autora, já é uma coisa de outros autores, incluindo a Mayer (Crepúsculo) incluindo que em Crepúsculo os vampiros também tem dons. O que eu quero dizer que isso não foi uma inovação na história não.Mas vejo com algo positivo, o que é interessante e bom é pra ser multiplicado.
    Amo vampiros, são meu seres místicos favoritos, eu me interessei pela leitura do livro.
    Espero gostar tanto quanto você.
    Beijo
    www.livricios.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    O livro me pareceu curioso pelo título, mas conforme lia sua resenha, muito boa, por sinal, vi que para mim soaria bastante clichê.

    ResponderExcluir
  7. Gosto bastante de livros de vampiros, mas prefiro os mais clássicos, apesar disso, me interessei bastante pela proposta desse livro.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Que bom que você gostou do livro!
    Eu amo histórias sobre vampiros e por mais que eu leia, assista filmes, nunca me sinto saturada desse assunto!
    Fiquei curiosa sobre esse livro, principalmente para ver como a autora desenvolveu seus personagens.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu adoro histórias de vampiros e achei bem legal a premissa desse livro.
    Não conhecia, mas parece ser bem interessante. Vou anotar a dica aqui e quem sabe eu leio ano que vem.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  10. Achei muito interessante a história dessas amigas, mas acho que me perderia com essa linha do tempo, acho que a autora deveria ter seguido um linha reta, como você disse! Espero que tenha continuação, lhe desejo isso!!

    Abraços e até!!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oiii, guria tudo bem??
    Primeiro preciso te dizer que não conhecia a editora :o e pelo jeito já me conquistou pelo trabalho deste livro, eu amei a história, sempre procuro ler coisas assim porque é o meu genero favorito, já anotei a dica. Obrigada!
    Beijos ❤
    Segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Não é muito o tipo de leitura que eu estou procurando agora, mas eu achei o enredo muito legal, achei a capa bem interessante e acho que vou dar uma chance ao livro sim.

    http://www.laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. A capa realmente ficou bem bonita. Mas mesmo você falando que a autora conseguiu fugir do clichê de vampiros adolescentes, acho que cansei bastante dessa repetição e não pretendo ler nada do tipo tão cedo, infelizmente. :-/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Adorei a capa e o título, porém assim como você só estava pensando que era uma história comum de vampiros. Fico feliz que não seja só isso.
    Achei bem bacana a autora colocar toques japoneses em sua obra, torna algo comum em algo completamente original.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. pelo título fiquei bem curiosa mas lendo sua resenha ele não me convenceu, eu não leria =/

    ResponderExcluir
  16. Oie
    Não sou fã de gêneros assim mas sua resenha está ótima e é uma boa dica para pessoas que curtem

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Adoro histórias de vampiros e espero não me decepcionar com este livro que espero ler em breve.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá, achei o título um tanto quanto estranho, mas a parte sobre ser do Japão me interessou muito, o que desanima é a linha do tempo, não curto livros assim.
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados