terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Resenha: livro "Antes do agora", Gleice Couto

 Olá pessoal, tudo bem com vocês? No post de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Antes do agora", escrito pela carioca Gleice Couto e publicado em 2016 pela Contar e Criar.

Resenha, livro, Antes-do-agora, Gleice-Couto, conto, contar-e-criar, capa, opiniao, critica, trechos, automutilação, new-adult, fotos

 A história é narrada por Júlia, uma jovem que cursava Comunicação Social e estava desenvolvendo um projeto na rádio da faculdade. Eis que ela descobriu que teria que trabalhar com Gustavo nesse projeto! Gustavo foi seu amigo de infância, e juntos eles viveram várias primeiras vezes, até que algo aconteceu e eles se separaram. Agora, Gustavo estava de volta e queria conversar com Júlia, mas ela não está muito a fim de conversar com ele.

 "Se alguém me contasse que o garoto que arrastou a minha cara no parquinho de areia, tempos depois, seria o responsável pelo meu primeiro beijo, eu não acreditaria." (página 32)

 Resenhei aqui no blog recentemente o livro "Para cada infinito", do Victor Almeida, e "Antes do agora" e "Para cada infinito" fazem parte de uma coleção de contos lançados pelo projeto Contar e Criar. Eu comprei os dois volumes juntos na Black Friday, mais por gostar do canal do Victor e por ter achado as capas bonitas e os títulos interessantes, confesso (da Gleice só vi alguns vídeos aleatórios, ainda). Resolvi ler "Antes do agora" logo depois de "Para cada infinito". Se vocês leram a resenha da história do Victor devem lembrar que eu o descrevi como um conto que dá aquele calorzinho no coração, né? Achei que "Antes do agora" seguiria a mesma linha, me enganei! "Antes do agora" quase dá um treco no coração da leitora que vos escreve!

 A história da Júlia e do Gustavo é tão intensa e bem escrita que na hora em que eu abria o livro parecia que o mundo ao meu redor desaparecia, e só existiam as cenas que eu estava lendo! A autora vai e volta no tempo (e isso foi muito bem feito), para que possamos conhecer a relação da dupla antes: no passado, na infância e na adolescência, e agora: no reencontro no projeto na faculdade. É aquela leitura que a gente termina mas continua pensando no que leu por um bom tempo.

 Como já mencionei, a escrita da Gleice estava muito boa, e a ambientação e os personagens foram bem construídos. "Antes do agora" traz como um dos temas a automutilação, um assunto muito importante e sobre o qual precisamos entender mais.

Resenha, livro, Antes-do-agora, Gleice-Couto, conto, contar-e-criar, capa, opiniao, automutilação, new-adult, trecho, diagramação
Resenha, livro, Antes-do-agora, Gleice-Couto, conto, contar-e-criar, capa, trechos, automutilação, new-adult,

 A edição é linda, com capa bonita, boa revisão, páginas amareladas (exceto as que abrem o capítulo, que são pretas), diagramação com margens, letras e espaçamento de bom tamanho, e há o desenho de uma chave no início de cada capítulo, além da sugestão de uma música (Gleice Couto me fez ouvir k-pop pela primeira vez, e eu gostei!).

 Detalhes: 104 páginas, ISBN-13: 9788591805525, Skoob, saiba como comprar na fan page Contar e Criar.

 Por hoje é só, esperam que vocês tenham gostado do post. Fica a minha super recomendação para quem é fã do canal da Gleice, ou gosta de leituras rápidas e/ou de um new adult intenso. Me contem: já conheciam o livro ou a autora?

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

8 comentários:

  1. Oi!
    Fiquei interessada pelo livro. Achei a capa belíssima!
    Adorei saber que se trata de uma leitura rápida, portanto, acho que leria, com certeza.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus que amor de livro, que edição linda, que capa mais fofa, estou apaixonada de verdade. Adorei demais o livro e vou procurar ele urgentemente pra ler!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  3. A capa é bem linda, a história também parece ótima, e gostei que autora escreve mostrando como era a relação entre os dois, e de como isso pode está afetando o presente deles. Fico feliz que tenha gostado do livro, e que ele tenha lhe passado uma ótima experiência e você tenha até "esquecido" o resto, vou anotar essa dica de leitura.
    Trouxa do Livro

    ResponderExcluir
  4. Oiii
    O livro já me ganhou por estas milhares de chaves na capa (meu objeto favorito (?) faço coleção, hihi) mas a história em si parece ser daquelas bem amorzinho, e dessas eu gosto. Adorei o quote que você colocou. Quero saber a história de Júlia e Gustavo <3

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  5. Oie!!!
    Confesso que não sabia que ela tinha lançado um livro, rs. Na vrdd, acompanho mais o Victor e tbm não sabia do livro dele (estou desatualizada, haha).
    Mas adorei saber e curti mais ainda sua opinião e o fato de vc ter curtido ambas as leituras (fui xeretar sua resenha do Victor e já add os dois na minha lista de desejados!).
    E essa capa??? Eu AMO chaves e com certeza vou querer essa lindeza na minha estante!
    Bjocas,

    www.umdiamelivro.com.br
    www.youtube.com/literamigas4

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu amei o enredo e a história parece ser muito fofa e que vai prender o leitor do começo ao fim. amo histórias com reencontros e amores de infância. Amei a capa e a edição parecer ter sido bem trabalhada.
    Adorei a sua resenha e vou anotar a sua dica.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?
    Adoro livros assim, onde parece que o universo some enquanto estamos lendo! Curti saber que é uma história que deixa a gente ansiosa e apaixonada pela escrita da autora, então, só por aí já quero conferir! Outro ponto que curti é saber que trata do tema de automutilação. Enfim! Sugestão anotada! Espero ler em breve!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Não curto livro de contos pois é sempre muito curta a história e sempre parece que fica inacabada.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados