domingo, 28 de maio de 2017

Resenha: conto "O Gato Preto" e poema "O Corvo", Edgar Allan Poe #12mesesdepoe

 Olá pessoal, tudo bem com vocês? No desafio literário 12 meses de Poe, no mês de maio, deveríamos ler o conto "O Gato Preto" e o poema "O Corvo", duas produções bem famosas do autor Edgar Allan Poe.

O-Gato-Preto, Edgar-Allan-Poe, darkside, ilustração

 O conto "O Gato Preto" traz um narrador que gostava de animais na infância e teve a sorte de se casar com uma mulher que também tinha apego por eles, tanto que na casa dos dois, havia vários bichinhos de estimação. O mais querido era um gato preto.

 Acontece que o narrador se tornou uma vítima do alcoolismo, e segundo suas palavras, passou a se sentir incomodado com o gato preto. Parecia que o animal não lhe dava atenção e não se comportava como ele queria.

 Por isso, o narrador foi capaz de grandes crueldades com o bichinho. Porém, as coisas começaram a dar errado na vida do personagem, e motivado, em parte, pela culpa pelo que fez com o gato, em parte, pelo temor e a repulsa que o animal causava nele, o personagem acabaria cometendo um crime ainda mais grave.

 Eu não sei muito bem o que pensar desse conto. O narrador não me cativou e não acreditei que algo exterior, algo demoníaco, por exemplo, fosse responsável pelo que ocorreu. Na minha opinião, seus problemas com o álcool não foram uma motivação forte o bastante para que ele cometesse as atrocidades que cometeu.

 O personagem tenta se justificar como se tivesse agido sob o efeito do instinto da perversidade (tema já mencionado em ""O demônio da perversidade"), e o desfecho lembra um pouco o de "O Coração Denunciador". Quem já tiver lido o conto, deixe suas impressões nos comentários, quem sabe serão opiniões diferentes. De qualquer forma, acho que vale a recomendação de leitura.

O-Corvo, Edgar-Allan-Poe, darkside, ilustração

 Eu já havia lido e resenhado "O Corvo", o poema do mês, no ano passado. Havia realizado a leitura no e-book disponibilizado no site da editora Darkside. Como comentei no vídeo de recebidos de abril, comprei a versão impressa do livro "Medo Clássico" que traz contos e poemas do autor. Reli "O Corvo" na edição impressa, mas achei desnecessário fazer uma nova resenha. Então, quem quiser conferir minhas considerações sobre a obra, é só acessar: Resenha: "O Corvo", Edgar Allan Poe.

 E atendendo a pedidos, gravei um videozinho mostrando como é a edição super caprichada do livro "Edgar Allan Poe: Medo Clássico" lançada pela Dakside Books. Confiram:



 Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado do post. Me contem: já leram o poema ou o conto? Gostaram do vídeo? Até o próximo vídeo!


Me acompanhe nas redes sociais:

9 comentários:

  1. Mari!
    Os contos do Poe são bem fortes e decisivos.
    Eles por vezes chocam, porque nos deixam mesmo sem entender direito qual o real sentido de tudo.
    Bom domingo!
    “Uma pergunta prudente é metade da sabedoria.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu sou louco para ler alguma coisa de Poe, gosto do gênero dele e essa edição da Darkside é linda demais! Espero poder ler muito em breve. Adorei a resenha!

    Bjs;*

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?

    Não tenho muito interesse na literatura do Poe, sabe? Não me cativa nem um pouco. Apesar de eu saber de sua importância e influência, talvez pela temática, nunca me encantou. Eu não sou muito de personagens que justificam suas perversidades/mancadas com problemas do passado, ou algo assim - apesar de, cientificamente, saber que o alcoolismo pode, sim, ser um grande "culpado" por muitas desgraças nas vidas das pessoas (ainda assim, concordo contigo: não justifica nada). A edição é muito linda mesmo, a DarkSide é sensacional <3

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Edgar não é a coisa mais trevosa da vida? Eu amo. Comprei essa edição da Darkside porque realmente não tinha como não colocar na estante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Uma pena que você não tenha gostado muito deste conto. Não li nada do Poe ainda,mas tenho intenção.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho essa edição da Dark. Ela é maravilhosa. Eu já tinha os contos de Poe aqui, em outras edições, mas precisava de algo assim, mais lindão.
    Eu vivo dizendo que entrei no mundo da literatura pelos contos de Poe. O gato preto é um dos meus preferidos, mas também gosto muito de Os Assassinatos na rua Morgue. Ah, é não é mesmo pra gente gostar do personagem-narrador. Ele é um assassino cruel.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá...estou doida por esse livro da DarkSide. Adorei o conto.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Eu sou louca pra ler os contos do Edgar, amo o gênero, isso sem comentar que são clássicos, né? rs
    Adorei sua resenha e estou ainda mais curiosa :)

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Já li alguns contos do Poe. Faz um tempo mas lembro do suspense que ele tem. Acho que se lesse hoje em dia seria diferente.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados