sábado, 12 de agosto de 2017

Resenha: livro "Rainbow", M. S. Fayes

 Olá pessoal, tudo bem? Na resenha de hoje venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Rainbow", escrito pela M. S. Fayes e publicado pela Editora Pandorga em 2017.

Livro Rainbow, M S Fayes, Editora Pandorga, trechos, citação, diagramação, fotos, opiniao, resenha

 "Muitas vezes eu achava que estava sendo dura demais em meus julgamentos, mas a verdade era que as pessoas me irritavam. Então, preferia ficar sozinha." (página 16)

 Rainbow Walker é a narradora, uma garota de 17 anos e que se chama arco-íris e é filha de pais hippies. Seus dois irmãos mais novos, a Sunshine e o Storm, são gêmeos e tem 16 anos. Com pessoas de "espírito livre", seu pais viviam se mudando de uma cidade para outra, nunca ficando muito tempo em nenhum lugar. E agora Rainbow estava numa cidade nova, numa escola nova, onde a maioria dos alunos já se conhecia desde a infância. Como sempre, Rainbow não estava interessada em se enturmar (de que adiantaria, se logo poderia ter que se mudar novamente?), mas com esse nome, ela não passaria despercebida pelos outros alunos, especialmente Jason e, mais especialmente ainda, do Thomas, alguns dos garotos mais populares da escola.

 "- Exatamente! Você vê tudo pelo lado negativo, tudo esmiuçado na seriedade que é a tua característica, Rain. Mas a vida está aí para ser vivida sem tantas preocupações enquanto estamos no segundo grau, caramba. Depois que crescermos, não poderemos mais nos distrair com bobeiras como essa!
 Eu nunca tinha visto minha irmã tão enfática." (página 95)

 O Thomas também narra parte da história. Ele se interessa pela Rainbow, porém, ela é fechada, não deixa que os outros se aproximem, evita criar laços. Mas ele vai ser bem insistente e buscar maneiras de se aproximar dela, tentando fazer com que ela também se veja tão encantadora como ele a vê. Além das inseguranças da Rainbow, tinha que ter mais alguma coisa para atrapalhar o casal, ou não seria um típico romance High Scholl, né?! Eis que temos uma ex maluca do Thomas e algumas garotas que não vão com a cara dela na escola. O que será que vai acontecer com a Rainbow até o final dessa história?

 Uma das coisas que me fez querer ler o livro, foi a protagonista ser filha de hippies, mas logo fica bem claro o quanto a Rainbow era diferente do tipo de filha que os pais dela gostariam de ter. Nem sempre a vida que os pais desejam é a que os filhos querem ter; nessas situações, qual lado vai ceder? A Rainbow é uma personagem cheia de nuances (e até mesmo de cores, suas bochechas passam por uma diversidade de tons dependendo das situações), em alguns momentos ela é forte, determinada e inteligente, em outros, despreza todo mundo, é insegura e precipitada; mas que adolescente não é assim? É uma garota experimentando coisas novas, mas também é alguém que já se cansou de sofrer com as piadinhas por causa do nome e com o preconceito por ser de uma família diferente. Para não ser mais machucada, acabou se fechando, se retraindo.

 "Por que uma coisa eu digo: as pessoas ruins nascem e frequentam a escola. Eu já disse isso? E elas começa a alastrar suas maldades e deixar traumas desde cedo. Estendem suas garras maldosas ainda nos corredores escolares, às vezes com um simples giz de cera na mão. É uma imagem aterradora, mas real." (página 243)

 Ainda sobre os personagens, me parece que vai ter livro sobre a Sunshine e o Storm, e eu adoraria ler especialmente o livro da Sunshine, ela sim é um "espírito livre" como seus pais gostariam, e eu quero conhecê-la melhor (além de, provavelmente, acompanhar um pouco mais sobre a vida da Rainbow após o livro). O Jason foi um personagem que seguiu um destino que eu não esperava nas primeiras cenas. O Thomas é um garoto de temperamento forte, que quase não exita em resolver as coisas no braço quando necessário, além de insistente.

 "Rainbow" é um livro de capítulos curtos e leitura rápida, com seus clichês que são compensados pela escrita super divertida e fluida da autora. Uma daquelas obras com cenas divertidíssimas, que arrancam risadas do leitor. Foi o meu segundo contato com a escrita da M. S. Fayes, dela eu já havia lido "Irresistível", e os narradores de "Rainbow" são tão "boca suja" quanto a protagonista de "Irresistível", o que pode incomodar leitores que não curtem livros com muitos palavrões.

Livro Rainbow, M S Fayes, Editora Pandorga, trechos, citação, diagramação, fotos, opiniao, resenha
Livro Rainbow, M S Fayes, Editora Pandorga, trechos, citação, diagramação, fotos, opiniao, resenha, sinopse
Livro Rainbow, M S Fayes, Editora Pandorga, trechos, citação, diagramação, fotos, opiniao, resenha

 Finalizo a resenha comentando sobre essa capa linda, que me encantou e me fez querer ler o livro desde que a vi pela primeira vez, e por dentro o livro também está lindo, com detalhes no início e no decorrer dos capítulos, um tipo (e tamanho) de letra que ficou ótima com as folhas amareladas.

 Detalhes: 288 páginas, ISBN-13: 9788584422043, Skoob, fan page da autoraClique aqui para comprar na Saraiva e ganhe 10% de desconto usando o cupom livro10.

 Me contem: já conheciam o livro ou a autora?

 * Clique aqui e responda à pesquisa de público do blog e me ajude a torná-lo melhor.



Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

14 comentários:

  1. Oi Mari,tenho lido muitos comentários sobre o livro,mas de pessoas que o querem ler.
    Essa é a primeira resenha que leio e gostei.

    Esse livro sempre chamava a minha atenção pela capa,que acho linda!
    Mas agora me interessei também pela trama juvenil e por ser divertida.
    É muito bom quando um livro nos deixa com um sorriso no rosto!


    Espero ler em breve. :)

    ResponderExcluir
  2. Oiiii! Obrigada pela resenha!
    Meu Deus! Tu começou a "me ler" Po Irresistível ? Logo pela Fay? Hihihi... ela é boca suja, mas nenhum barra a turma dos roqueiros de DangeRock...
    Rainbow traz a turma fos adolescentesce suas coloquialidades... mas espero que a fofura do livro tenha sobrepujado os momentos necessitados da lavagem com sabão... hihihi...

    Obrigada pelo carinho, viu?!

    Bjuuuu

    ResponderExcluir
  3. Também quero ler esse livro por causa da protagonista ser filha de hippies, acho que esse detalhe dela querer ser diferente e ter suas nuances é algo muito bacana..
    A personagem foi bem escrita e o livro parece ser muito gostosos de ler ♥

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari!
    Desde o lançamento que fiquei encantada por esse liro e a culpa é de quem? Dessa capa linda! A editora caprichou na escolha, ficou perfeita demais!
    Tenho bastante curiosidade em ler, acho que vai ser um daqueles romancinhos fofos e leves, ótimos para quando a gente quer relaxar.
    Imaginei que a trama fosse um pouco clichê, mas o importante é que seja bem escrito e agrade o leitor. E, pelo que estou percebendo, ele cumpre bem seu papel. :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Eu já vi essa capa diversas vezes no instagram, facebook e blogs, mas nunca tinha parado para ler nada sobre o livro. A capa é bem atrativa, muito bonita, o(a) capista fez um ótimo trabalho.
    Algo que me chama muito a atenção é o fato da autora ter dado nomes internacionais aos seus personagens, é algo que me intriga bastante, pois no Brasil existe essa cultura que o que vem de fora é melhor, eu acho sim, que tem ótimos livros por aqui, mas diversas vezes não tem o seu devido valor. Isso não é uma crítica a autora, acredito que o livro seja incrível, mas sempre me questiono quando vejo casos assim.
    Enfim, deixando esse ponto de lado, fiquei bem curiosa para conhecer a Rainbow, os pais dela e irmãos, o relacionamento entre eles e divergências de pensamentos parece estar muito bem descrito no livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Acredito que a história deva agradar bastante os jovens, eu não ligo pra clichês ( a vida tem um monte deles) rs
    Vou levar a dica pra garotada aqui. No momento tô no vício do terror e suspense.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Owmm que livro mais amor
    Eu tenho a ideia de que romance é clichê e não me importo nenhum pouco com isso.Como você diz a escrita fluida compensa muito a desde que a historia seja interessante não vejo problemas nos clichês. Suas impressões me deixaram bem curiosa nessa leitura. Mesmo sendo um romance bem adolescente tenho certeza de que vou curtir a leitura.
    Dica anotada
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu me apaixonei pela capa pela primeira vez que a vi,eu adoro livros que se passam no colégio, me faz lembrar da época que estudava e dos problemas que eu enfrentava nessa idade.
    Espero logo poder ter a oportunidade de ler esse livro, apesar de ser um pouco clichê, mas é sempre bom ler um clichê rs

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Achei muito legal a capa e a sua resenha ficou muito boa. Confesso que não conhecia esse livro e apesar da sua ótima resenha, o livro infelizmente não me despertou interesse.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Eu tenho visto muitas resenhas sobre esse livro, mas confesso que a capa tirou um pouco do meu interesse haha. Me pareceu um pouco com imagem de divulgação de novela infantil.
    De qualquer forma, sua resenha me convenceu a dar uma chance para esse livro. Parece ser uma leitura agradável e, apesar de alguns clichês, deu para perceber que a autora soube conduzir de uma maneira interessante.
    Adorei a resenha e vou anotar a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Mari!
    Também entendo bem o que Rain passa, pois aos 16 anos já estava na faculdade e só mantinha contato com pessoas mais velhas, porém com mentes adolescentes e já havia passado dessa época...
    Deve ser um livro delícia de ler e ver que Rain se permitiu viver um pouco do que a vida proporciona.
    “Para cultivar a sabedoria, é preciso força interior. Sem crescimento interno, é difícil conquistar a autoconfiança e a coragem necessárias. Sem elas, nossa vida se complica. O impossível torna-se possível com a força de vontade.” (Dalai Lama)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  12. Nunca li nada da autora, mas esse livro está na minha lista de leitura. Adoro personagens diferentes kkkkkkk Fiquei curiosa também para saber mais um pouco sobre a vida hippie...

    https://notasmentaisparaumdiaqualquer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. quero muito mais muito ler.<3 liviaandre74@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. A história desse livro encantou demais, até mesmo com a capa dá pra perceber que é daquelas histórias de primeiro amor bem clichê com todas aquelas dificuldades que temos na adolescência - e talvez um pouco mais para a Rainbow. E que nome diferente, hein. Amei esses nomes diferentes, vou pesar em colocar nos meus futuros filhos haha
    Com certeza vai pra minha lista.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados