quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Resenha: livro "Um tom mais escuro de magia", V. E. Schwab

 Olá pessoal, tudo bem? Na resenha de hoje venho comentar minha experiência de leitura com o livro "Um tom mais escuro de magia", escrito pela V. E. Schwab e publicado no Brasil pela Editora Record em 2016.

Resenha, opinião, crítica, livro, Um-tom-mais-escuro-de-magia, V-E-Schwab, editora-record, trechos, antari, kell, fantasia, fantasia-urbana, magia, ladra, londres, capa, fotos, imagem,

 "- Como você quer morrer? - esclareceu ela.
 O fogo nos olhos dele oscilou por um momento, e então ele se recuperou e disse:
 - Rápido." (página 371, citação interessante para começar a resenha, né?!)

 A história se passa numa época em que haviam três cidades chamadas Londres em três mundos diferentes, como se fossem em realidades paralelas: a Londres Cinza (parecida com a que conhecemos do século dezenove, "comum", sem magia), a Londres Vermelha (onde a magia era abundante) e a Londres Branca (onde a sede por magia ia ao extremo). Houve uma quarta Londres, a Preta, onde a magia era tão forte que causou o desequilíbrio, e ela se perdeu, se destruiu. Para evitar que as demais Londres também fossem destruídas, as portas entre as cidades foram fechadas, e somente os Antari, magos que tinham a magia em seu sangue, podiam transitar entre as três cidade fazendo a comunicação entre seus reis.

 "- Existem quatro mundos - explicou ele. - Pense neles como casas diferentes construídas sobre a mesma fundação. Os quatro têm em comum, exceto pela geografia e pleo fato de que cada um tem uma versão desta cidade, que cresceu em torno desse rio, nesse país insular. E, em cada um deles, essa cidade se chama Londres." (página 196)

 Kell era um dos últimos Antari. Ele não se lembrava de sua família biológica, foi criado no castelo da Londres Vermelha, como se fosse também filho do rei e da rainha, irmão do príncipe Rhy. Kell era um viajante, indo sempre que era necessário até à Londres Cinza e à Londres Branca. Mas Kell também fazia algo proibido: contrabandeava pequenos objetos entre um mundo e outro, e numa dessas ocasiões, um artefato caiu em suas mãos, algo perigoso e que poderia destruir o equilíbrio da magia nas três cidades, algo cobiçado por pessoas capazes de qualquer coisa. Então, Kell teve que fugir, indo parar na Londres Cinza, onde seu caminho se cruzaria com o de Lila Bard.

 "- (...) Mas o problema da magia - acrescentou Kell - é que ela se apodera tanto dos obstinados quantos do fracos de espírito, e um desses mundos não foi capaz de se controlar. As pessoas se alimentaram da magia, e a magia se alimentou delas até devorar seus corpos, suas mentes e então suas almas.
 - A Londres Preta - sussurrou o príncipe regente." (página 23)

 Lila era uma garota de dezenove anos, órfã, sonhava em ter um navio. Enquanto isso não era possível, ela se virava com pequenos furtos e roubos, era uma ladra procurada na cidade, mas como se disfarçava de homem para cometer seus crimes, ainda não tinha sido pega pela polícia. Até que surgiu Kell, e o perigo deixou de ser apenas a prisão. Com sua sede de aventura, Lila descobriria um universo novo e embarcaria com Kell numa perigosa jornada.

 "A cidade estaria manchada pelo sangue há muito tempo se os assassinos não bebessem tudo." (página 91, sobre a Londres Branca, e, acreditem, isso não é uma figura de linguagem)

 "Um tom mais escuro de magia" foi uma leitura que iniciei sem qualquer expectativa. Fui compreendendo aos poucos toda a magia que envolve a trama e a coexistência de três cidades que carregam o mesmo nome e alguns pontos em comum, mas formas muito diferentes de lidar com a magia, com os poderes e feitiços. A trama é dividida em partes, que são divididas em capítulos curtos, e a cada capítulo eu ia ficando mais encantada pela história. A escrita da V. E. Schwab me lembrou um pouco a da minha escritora nacional favorita, a Eleonor Hertzog da série "Uma geração. Todas as decisões.", ambas tem a capacidade de costurar muito bem uma história que se passa em vários cenários ao mesmo tempo, dando a cada personagem o seu destaque.

 O ambiente criado pela V. E. Schwab é fantástico, era muito fácil visualizar as cenas. Esse é um daqueles livros onde tudo desperta a curiosidade, onde queremos saber mais sobre cada faceta da história: o passado de Kell, a vida em cada Londres, o que há em Lila que nem ela mesma sabe... Felizmente, pelo que pesquisei, "Um tom mais escuro de magia" é o primeiro de uma série e tudo o que me deixou curiosa pode ser abordado nos próximos volumes. Quando faltavam umas cem páginas para finalizar a leitura, eu não queria terminar de ler para não ter que me separar de personagens tão bem construídos e cativantes. Além disso, eu não fazia ideia de para onde a história caminharia, e temia que o final não fosse ser satisfatório, mas a autora conseguiu conduzir bem a trama para um bom desfecho, um desfecho fechado.

 Enfim, "Um tom mais escuro de magia" foi um livro que eu gostei muito e que recomendo para os fãs de fantasia e para os que não são tão fãs ainda. Acho que quem, assim como eu, gosta de histórias/romances de época, ou gosta de Londres, também pode gostar de ver a cidade de uma forma mais mágica. Já aviso que a autora não tem dó de matar personagens, hein?! Não sei se me recuperarei tão cedo de um acontecimento na taverna... Dei 5 estrelas para ele no Skoob, simplesmente por não conseguir encontrar nada que diminuísse a nota. Se a forma como uma batalha foi vencida parece fácil demais, no início da obra já havia um precedente para isso. Se ficam curiosidades, como já mencionei, se deve ao fato de tudo (e todos) o que há na obra ser interessante...

 "- (...) A primeira coisa que você tem que entender sobre a magia, Lila, é que ela não é algo inanimado. Está viva. Viva de uma forma diferente de mim ou de você, mas ainda assim muito viva." (página 196)

Resenha, opinião, crítica, livro, Um-tom-mais-escuro-de-magia, V-E-Schwab, editora-record, trechos, antari, kell, fantasia, fantasia-urbana, magia, ladra, londres, capa, fotos, imagem,
Livro Um tom mais escuro de magia V E Schwab (4)
Livro Um tom mais escuro de magia V E Schwab (2)

 Sobre a edição: a capa segue o modelo de uma das edições em inglês, como cores e elementos condizentes com a trama (aí ao lado, coloquei uma capa da edição russa [creio eu], que foi a que achei mais diferente). As páginas são amareladas. A diagramação é simples, com letras, margens e espaçamento de bom tamanho. Não me lembro de ter encontrado erros de revisão.

 Leiam esse livro e venham também se encantar com a história da jovem que sonha em ser pirata, com o mago que tem um dos olhos totalmente preto e um casaco com vários lados, com três castelos muito diferentes, uma trama cheia de surpresas, traições, lutas e magia. Uma obra onde até a página de agradecimentos da autora é interessante.

 Detalhes: 420 páginas, ISBN-13: 9788501106667, Skoobleia um trecho. Acesse o site da Saraiva pelo link do blog (clicando aqui), procure por "Um tom mais escuro de magia" e use o cupom livro10 para ganhar 10% de desconto na compra do livro (está super barato para um livro de mais de 400 páginas). Curiosidades: o livro 2 já está em pré-venda e se chamará "Um encontro de sombras"; V. E. Schwab também escreveu A Guardiã de HistóriasA Bruxa de Near e (como Victoria Schwab) A Melodia Feroz. A autora estará na Bienal do Livro do Rio, para saber as datas confira a programação no site.

 Por hoje é só, espero que tenham gostado da resenha. Me contem: já conheciam o livro ou a autora?

 Participe do TOP COMENTARISTA  de agosto para concorrer ao livro "Dois Mundos", clique aqui para deixar seu e-mail no formulário de inscrição.


Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

22 comentários:

  1. Olá, achei demais a ideia da autora em criar diversas "Londres".
    E se ainda consegue nos fazer imaginar nesses locais, tudo se torna mais interessante!
    Ah,e sem contar que adoro livros de fantasia. Me fazem viajar... 💭

    Mas o que me deixou um pouquinho desanimada,foi o de se tratar de uma série. Convenhamos que em geral pesam no bolso.
    Mas felizmente, como nos disse,o final é fechado.

    Adorei a trama e a sugestão! :)

    ResponderExcluir
  2. Mari!
    Gosto do livro com portais, magia, artefatos e mistério.
    O Kel agora vai ter de se livrar o tal artefato para que não morra ou não prejudique o equilíbrio das Londres e ainda consegue uma aliada ladra, talvez não dessem certo, porém pelo visto, vamos acompanhar uma grande jordana desses dois juntos.
    Gostei de saber que a autora não poupa mortes, sinal que nem dá para se apegar muito as personagens.
    Como gosto das fantasias no estilo, gostaria de ler.
    “Para cultivar a sabedoria, é preciso força interior. Sem crescimento interno, é difícil conquistar a autoconfiança e a coragem necessárias. Sem elas, nossa vida se complica. O impossível torna-se possível com a força de vontade.” (Dalai Lama)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari, tudo bem? Eu adorei Um tom mais escuro de magia! Achei uma ótima fantasia e fiquei apaixonada pelo Kell <3

    BJs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Olá! Adoro fantasia e já ouvi falar bastante desse livro, o que mais me interessou foi essa coisa de mundos diferentes, adoro isso!

    Anotei a dica.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. NOssa, eu não conhecia o livro e quando vim aqui na resenha eu achei que não fosse gostar, mas fui lendo, fui lendo, fui lendo... e adorei a premissa. Fiquei muito curiosa com a leitura e espero ler em breve para matar a curiosidade

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não sou muito de ler fantasias assim um seguido do outro, mas essa parece ser uma história bem dinâmica e envolvente. Fiquei curiosa também por trazer elementos históricos do qual sou fascinada.
    Espero ler em breve.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Eu ganhei o livro na caixa do Turista Literário há um bom tempo, mas ainda não li.
    Ele será a discussão do Vórtice mês que vem, então foi muito bom ver uma resenha positiva dele antes de iniciar a leitura.
    Espero gostar, pois amo fantasia.

    ResponderExcluir
  8. Sou meio relutante com fantasia, embora tenha gostado de muitas que li. A ideia de portas entre mundos diferentes me lembra muito "A bússola de ouro" do Phillip Pullman. Fiquei curiosa de saber como a autora explorou esse universo.

    https://notasmentaisparaumdiaqualquer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Acho esse livro todo diferente, para mim, um enredo inusitado. A capa é linda, não solicitei na parceria, porque no momento acho que não conseguiria me concentrar na leitura, não por ser ruim, longe disso, mas é o momento que estou vivendo, pessoal. Mesmo assim, está em minha lista para um futuro próximo.

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Acho essa capa bem empolgante e tenho vontade de ler esse livro... Sua resenha só me deixou mais curiosa! E que história é essa de que ela gosta de matar personagens??? Vish, ahahahah

    ResponderExcluir
  11. Olá! Já li algumas resenhas desse livro e tenho ele aqui em e-book! Adorei a premissa dele e o fato de existir várias Londres, apenas não tive oportunidade de conferir por conta própria. rsrs Adorei sua resenha e fiquei com o coração na mão ao saber que autora não tem dó de matar! hahahah
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  12. Tenho visto esse livro nos instas literários, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha. É o tipo de livro que eu gosto. A trama parece ser instigante e surpreendente, pelo o que você falou. Vou anotar para uma futura compra. Ah, mas espero que não seja uma série grande.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Estou lendo esse livro no momento, e estou impressionada o quanto a escrita da autora é fluida, e repleta de magia!
    Está sendo incrível acompanhar a história do Kell. Nunca li nada parecido!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu amei essa história, tô doida pelo segundo volume. O conceito de multiuniverso, principalmente focando em Londres foi fantástico. Adorei o que eles fizeram a Magia ser aqui.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  15. Olá! Não conhecia o livro e fiquei bastante curiosa para conhecer essas três Londres. Amo fantasia e quando vejo algum livro que tenha magia no meio fico animada. A capa está linda, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  16. Olá,

    Muitas pessoas estão lendo esse livro, mas não estou interessada, sinto que não é o momento certo para fazer essa leitura.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?

    Um tom mais escuro de magia é um livro muito bom, a Record vai lançar o segundo livro agora na Bienal e vai contar com a presença da autora se não me engano. As críticas estão super positivas sobre esse livro, pretendo ler em breve!
    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu amei a premissa desse livro, é bem diferente do que já li até hoje e mal posso esperar para ler ele!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Gostei do fato que autora criou varias Londres num universo de fantasia, fiquei interessada pra ler, mas ao mesmo tempo não muito por ser um livro com tema de época, não sou muito fã desse tema. Fiquei em cima do muro pra ler esse livro, mas, acho que vou seguir sua dica e ler. Quem eu sabe eu não goste e virei fã de tema de época?
    Gostei da capa, achei linda!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Oie, não conhecia o livro, mais pela a capa compraria e por ser uma fantasia. irei colocar ele na minha lista que nossa crescer a cada dia.
    bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu acho a capa desse livro linda e a premissa é muito interessante, mas confesso que não é do gênero que costumo ler, por essa razão não me animo tanto assim com ele, sabe? Enfim, gostei bastante de ler seus comentários sobre, quem sabe um dia eu não leia essa obra.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Eu ja vi o livro mas ainda não li, essa edição está maravilhosa
    Eu adorei a ideia da autora de dividir Londres em cinco partes, eu adoro livros de fantasia e magia, tenho certeza que vou adorar esse livro, e espero que surja um romance entre Lila e o kell rs pois adoro um livro de fantasia con uma pitada de romance

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados