Resenha: filme "Jane Eyre"

 Olá pessoal, tudo bem? Fazia um tempinho que eu não falava de filmes com vocês, né? Mas na resenha de hoje venho comentar sobre o filme Jane Eyre (que é baseado em um romance escrito pela britânica Charlotte Brontë publicado em 1847).

filme, Jane-Eyre

 A protagonista Jane  Eyre (interpretada por Mia Wasikowska) ficou órfã e foi morar com a tia, que não gostava da menina e mandou-a para um colégio interno onde a garota era vítima de castigos e humilhações, que refletiram em seu jeito de ser, tornando-a um pouco mais imune ao desprezo dos que se achavam superiores. Aos dezenove anos, a jovem saiu do colégio e foi trabalhar numa casa que mais parecia um castelo, Thornfield Hall, onde seria uma tutora, uma professora de uma menininha francesa.

 Seu patrão, o Sr. Rochester (interpretado por Michael Fassbender), que criava a menina, era um homem meio libertino que passava pouco tempo na casa. Porém, conforme Jane e o Sr. Rochester foram se aproximando, um sentimento surgiu entre eles, mas um relacionamento entre os dois seria difícil, visto que havia uma diferença de posições sociais. Além disso, o Sr. Rochester guardava um segredo em Thornfield Hall que poderia tornar definitivamente impossível o amor entre os dois.

filme, Jane-Eyre, 2011

 Eu já havia visto e gostado das partes finais do filme que encontrei por acaso, certo dia, enquanto zapeava pelos canais de TV. Aí, uma noite dessas, tive a oportunidade de vê-lo desde o início e não desperdicei, mesmo já sabendo como terminaria. Fui dormir uma hora da manhã, mas valeu a pena, tanto que vim aqui falar sobre o filme com vocês.

 A produção tem um ar sombrio. A Mia Wasikowska, que para mim ficou marcada como a Alice de Alice no País das Maravilhas (fiquei chocada ao ver como a maquiagem, o figurino e o penteado deixam ela quase irreconhecível!), faz uma Jane que já sofreu muito na vida, mas que tem princípios sólidos, ainda que seja uma jovem cheia de sonhos e vontade de viver e ver o mundo. Não sou muito fã do Michael Fassbender por algumas atitudes não muito louváveis dele, mas o personagem do Sr. Rochester ficou bom. É possível ver sua mudança de comportamento ao longo do filme. Mas, sinceramente, como ele achou que ia conseguir esconder aquele segredo de todos?!

filme, Jane-Eyre

 Eu ainda não li o livro da Charlotte Brontë, mas quero ler, pois acredito que nele a história seja mais aprofundada, afinal, é difícil condensar todas as mudanças que ocorrem na vida de Jane e o tempo que ela passou em Thornfield Hall em duas horas. Por exemplo, há uma cena em que é mencionado que já se passou um ano que ela está trabalhando, mas eu nem imaginava que já havia passado tudo isso.

 Se você ainda não viu o filme, lançado em 2011, veja, e se surpreenda com os segredos e reviravoltas que acontecem na vida dos personagens de Jane Eyre assim como eu me surpreendi e espero me surpreender ao ler o livro.

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
11 comentários via Blogger
comentários via Facebook

11 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari
    Realmente é o.primeiro filme que.vejo você fazer um comentário. Também ainda não vi esse filme e não conhecia o livro. Se bem que essa tema, mocinha sofrida criada em orfanato ou.colégio interno, ao sair vai trabalhar como preceptora, tutoria oi professora, se apaixona pelo patrão e é correspondida, mas sempre tem algum problema que impede o romance, é meio recorrente.
    Longas passagens de tempo são mesmo complicadas de serem retratadas em filmes.
    Enfim, apesar disso, valeu a dica.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Ahhh adorei saber mais sobre o filme ♥
    Estou com o livro, mas ainda não li também. Preciso urgente, pois amo histórias de época. Gostei dos atores do filme também :)
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  4. Olá Mari,já assisti esse filme algumas vezes. E não me canso de ver todas as vezes em que passa.
    Gostei bastante! 😊
    Infelizmente não li o livro.Mas tenho vontade de ler exatamente pelos mesmos motivos que o seu.
    Queria me aprofundar mais na história.

    Sua dica foi ótima! ❤
    Para quem gosta de histórias de época,esse é o filme. :)

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    Não tive a oportunidade de ver o filme, muito menos ler o livro, gosto muito de romances de época, fiquei curiosa em saber que segredo o Sr. Rochester guarda. Gostei da dica, vou ver o filme!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari, tudo bem? Eu só li o livro e amei, tanto que fiquei com vontade de ler outras obras da autora! Agora o filme eu ainda não conferi, mas parece ter uma ambientação muito boa, quero conferir a adaptação <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Olá! Como vai?
    Bom, não conhecia esse filme e nem o livro, mas gostei da premissa em si. De uma moça órfã criada em um orfanato, que ao sair vai trabalha e acaba se apaixonando pelo seu chefe. Meio clichê - bom eu achei-, mas de uma boa historia. Gostei, vou assistir algum dia desses e ver o que eu acho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Confesso que ainda não sabia nada sobre as obras. Quase não reconheci a atriz mesmo. Creio que seja um filme bem intrigante, uma ótima pedida de filme.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mari!!
    Adorei sua indicação do filme!! E Jane Eyre está na minha lista de filmes para assistir na Netflix!! Sem dúvida vou amar conhecer essa estória!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  10. Mari!
    Gosto dos escritos da autora e realmente o exemplar analisado foi um avanço enorme para seu tempo. E talvez por isso tenha se tornado um clássico.
    E gostaria de assistir o filme, porque por sua análise, me parece bem fiel aos escritos da autora.
    Gosto de livros e filmes de época.
    “O primeiro passo para a cura é saber qual é a doença.” (Provérbio Latino)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  11. Estava na Netflix certo dia e encontrei esse filme, assisti ao início, mas perdi um pouco de paciência. Pelo andar da carruagem, as coisas são muito mornas e acontecem devagar. De todo modo, ainda pretendo ler o obra, que é um clássico.

    Ps: só percebi que era a mesma atriz que fez a Alice com o seu post. Rsrs

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo