Resenha: livro "O fantástico universo do ser humano", Carlos Holthausen

 Olá pessoal, tudo bem? Na resenha de hoje venho comentar minha experiência de leitura com o livro "O fantástico universo do ser humano", escrito pelo Carlos Holthausen e publicado em 2017 pela Editora Autografia.

Resenha: livro "O fantástico universo do ser humano", Carlos Holthausen

 Carlos Holthausen é psicanalista e ensaísta, e nesse livro de não-ficção, fala sobre o ser humano em seis capítulos e um epílogo. O autor discorre sobre alguns temas interessantes, por exemplo, como o ser humano precisa do outro para validar sua existência. Exemplificando: meu nome é Maria, mas para que esse nome tenha alguma utilidade, é necessário que alguém reconheça que esse é o meu nome, que alguém me chame por esse nome. Holthausen fala também sobre como são as primeiras emoções, aquelas que temos logo ao nascer, como o primeiro contato com o seio materno, que começam a moldar o nosso conhecimento de mundo.

 "Eis o diagnóstico de quem é o recém-nascido! Carne viva, que, para transformar-se em ser humano, terá que ser constituída, como tal, pelo outro." (página 35)

 O autor nos convida a refletir sobre como o ambiente em que vivemos pode interferir nas nossas escolhas até mais do que a nossa vontade. Por exemplo, para quem seria mais fácil se tornar surfista: uma pessoa que mora perto de uma praia onde o esporte é praticado, ou uma pessoa que mora numa região onde ninguém pensa em surf?

 "Mas não custa afirmar que, quando olhamos para o lugar geográfico onde nascemos sempre ficamos com a nítida impressão de que, se tivéssemos nascido noutro sítio, a nossa vida possivelmente teria sido diferente. Não necessariamente melhor ou pior, mas diferente." (página 91)

livro O fantástico universo do ser humano, Carlos Holthausen (2)
livro O fantástico universo do ser humano, Carlos Holthausen (3)

 A edição da Autografia traz uma capa interessante, boa revisão, diagramação com letras, margens e espaçamento de bom tamanho. É um livro curto, com cerca de 170 páginas, que pode ser uma leitura rápida. Apesar do uso de algumas situações ilustrativas e de uma linguagem não muito complexa, acredito que o conteúdo do livro possa ser mais facilmente compreendido por quem já tem algum conhecimento ou interesse por assuntos ligados à psicologia e goste de ler não-ficção, especialmente, ensaios.

 "Assim, nossos desejos dependem muito mais das oportunidades, oferecidas pelo habitat geopolítico, econômico e cultural em que nascemos e vivemos do que da nossa capacidade de tomar decisões, pautadas no suposto livre-arbítrio da razão." (página 114)

 Detalhes: 172 páginas, ISBN: 978-85-518-0195-6. Onde comprar online: loja da editora, Saraiva.

 Por hoje é só, espero que tenham gostado do post. Me contem: já conheciam o livro ou o autor?

Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

7 comentários

  1. Olá,
    Não conhecia o livro, mas parece ser bem interessante e reflexivo.
    Dica anotada.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari!
    Essa capa me dá agonia sabe? Quando você pensa que as linhas estão andando? hahahahahhaha
    Parece ser interessante, mas não é meu tipo favorito de leitura.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari, eu acho que de livros de não ficção os que tocam o assunto da psicologia são os mais interessantes! Não conhecia a obra, mas parece boa e adorei a capa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi, Tudo bom?
    Menina não conhecia esse livro, contudo me pareceu tratar-se de uma narrativa muito interessante, já anotei o título.
    Beijinhos, Joyce e Freitas.

    ResponderExcluir
  5. Oieee
    Não conhecia o livro e o autor, achei bem interessante e filosófico! Existem muitas coisas no conceito humano que são claras, mas não notamos.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  6. Se há uma coisa que o escritor ama é ler uma crítica de sua obra que se sustente na leitura dela. Dai não importa se tem elogios ou não. Pois então, este é o caso da resenha feita pelo Blog Pétalas da Liberdade. Parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que alegria receber o seu comentário aqui, obrigada.

      Excluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo