sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Resenha: livro Diário de um Banana de Jeff Kinney

   Olá! No meu último post falei sobre as coisas boas que ler livros traz para nossa vida. Contei também que estou retomando esse hábito. O primeiro livro que escolhi nessa minha retomada ao mundo da leitura foi: Diário de um banana, escrito por Jeff Kinney. Achei o nome engraçado, vi várias opiniões favoráveis dizendo que era uma leitura divertida e agradável e resolvi começar por ele (tentei ler outro livro antes mas não consegui me concentrar na história).
   O livro é uma espécie de diário do garoto Greg Heffley que está no sexto ano do ensino fundamental. Na verdade o Greg prefere que digamos que é um livro de memórias, não um diário. Nesse livro de memórias acompanhamos o ano letivo dele, as situações engraçadas (para quem está lendo) que acontecem na escola, o relacionamento com os pais e com os irmãos: ele tem um irmão mais velho que se chama Rodrick e outro mais novo chamado Manny , e a sua amizade com o Rowley. Em muitos pontos é impossível não se identificar com o Greg, são situações pelas quais todo mundo já passou ou ainda vai passar. Não é um "livro de criança", é um livro para quem quer se divertir e rir um pouco.
   A história é toda contada pelo Greg, ele também faz vários desenhos para ilustrar os fatos contados no seu diário livro de memórias (parece mesmo um diário, as páginas são como as de caderno, com linhas, e a letra parece feita a mão). "Esteticamente" falando o livro é muito bonito, a capa e contracapa são vermelhas e nas páginas as letras são pretas e de um bom tamanho.

Capa:
 Contracapa:


"Epa neném!" 
   Dá para ler o livro todo em um dia, mas eu li em quatro dias para aproveitar melhor a leitura, e já reli para fazer a resenha. É estranha a sensação de terminar uma história, né? 
   Diário de um banana tem 218 páginas, foi lançado em 2007 e é o primeiro da série de livros escritos pelo norte-americano Jeff Kinney. Os outros são: Rodrick é o cara; A gota d'água; Faça você mesmo; Dias de cão; A verdade nua e crua; O livro do filme (sim,a série virou filme); Casa dos horrores A terceira Roda (que vai ser lançado  no Brasil no ano que vem, não sei se será esse mesmo o título). Já quero todos :D!
   Vale a pena dar uma olhada no blog da série que é super legal: www.diariodeumbanana.com.br e ficar por dentro das novidades. O Diário de um banana também tem um perfil no twitter (@diariobanana), uma página no facebook e uma comunidade no orkut.
   No site da editora Vergara & Riba dá para comprar o livro, custa R$34,90 + frete, no Buscapé encontramos o livro entre R$19,00 e R$33,92 mas também tem que pagar frete em algumas lojas online. Eu comprei no folheto/revista Moda & Casa da Avon, custa R$19,99 mas paguei R$15,99 na promoção e não tem que pagar frete :) . Sempre tem uns livros bem interessantes na Avon, e volta e meia eles estão com descontos, minha irmã é revendedora e fica fácil para eu comprar, no site dá para saber se tem alguma revendedora perto de onde você mora.
   Quem aí já leu ou já ouviu falar da série? Ficou boa a minha primeira resenha literária? Em breve postarei outra, será que alguém adivinha qual o livro que estou lendo agora?

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Meu retorno ao fantástico mundo dos livros

   Passo um bom tempo na internet diariamente, nas redes sociais, visitando blogs e sites sobre os mais variados assuntos que acabam influenciando na minha vida, despertando o interesse sobre coisas recentes ou antigas que eu não sabia ou não lembrava que existiam.
   De tanto ver pessoas comentando sobre livros me lembrei do quanto eu sempre gostei de ler. Desde que entrei na escola me encantei por eles e sempre pegava algum emprestado na biblioteca. Lia muito; devorava histórias em um dia, algumas vezes minha mãe me acompanhava e líamos juntas :).
   Depois que terminei o ensino médio e saí da escola deixei os livros de lado, era tanta mudança acontecendo que eles foram perdendo espaço na minha vida. Até que, graças à influência positiva da internet, dos blogs e sites que sempre indicam livros, de relembrar as vantagens de ler, meu interesse pela leitura foi ressurgindo.
   Ler aumenta o seu vocabulário, te transporta para o passado ou para o futuro, te faz conhecer outras culturas e lugares, aumenta seu censo crítico, é bom para a memória e ainda é uma fonte de diversão. É ou não é tudo de bom?
   Atualizei meu perfil no Skoob, uma rede social onde os usuários contam o que estão lendo, já leram ou o que ainda vão ler, fazem resenhas e conversam sobre determinada obra (puxei pela memória e lembrei vários livros que já tinha lido). Não tenho dinheiro para comprar todos os livros que eu gostaria, nem muito tempo para lê-los; mas já comprei alguns e vou, pouco a pouco, voltando a esse mundo mágico.
  Um bom lugar para ler:
 Uma boa companhia:
"Aquele momento em que você está lendo um livro e todo o mundo em torno de você não existe mais"
   Também gosta de ler? Qual o livro que você leu e gostou muito? Se tiver perfil no Skoob me adiciona. Em breve postarei algumas resenhas aqui no blog.
*As imagens do post foram encontradas no WeHeartIt.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Realizando um sonho antigo e como foi a minha primeira compra na internet

   Desde criança era apaixonada por fotografias, mais por fotografar do que por ser fotografada. Teve uma época que eu chorava e até me escondia para não tirarem fotos minhas, mas também corria atrás da minha irmã para que ela me deixasse pegar a câmera dela e "dar uns clicks"; vai entender, né? Coisa de criança.
   Com a câmera da minha irmã fizemos as fotos das festas de aniversário, do batizado do meu irmão caçula, da minha formatura e primeira eucaristia, dos jogos de futebol no campinho do bairro e mais um monte de registros da história da nossa família. Temos até fotos dos porquinhos que escaparam do terreno do vizinho e foram parar perto da nossa casa, eram filhotinhos muito fofos e precisávamos terminar de encher o filme para pedir pro motorista do ônibus levar na cidade para revelar. Bons tempos!
   Aí, um dia, a câmera dela estragou e ela teve que comprar outra que não era tão boa quanto a primeira. A fotografia digital foi ganhando espaço e os rolos de filmes fotográficos foram ficando mais caros e difíceis de encontrar (ou a gente é que foi ficando mais pobre?).
   Comprei um celular com câmera em 2009, e já são mais de cinco mil fotos desde então. A câmera dele é bem boa, mas a qualidade das imagens nem se compara com as de máquinas fotográficas. Quem aí se lembra do projeto 365 que eu desisti na terceira semana? Vi que realmente não dava mais, tinha chegado a hora de comprar minha tão sonhada câmera fotográfica.
Algumas fotos que fiz com meu celular.
   Juntei todas as minha economias e pesquisei muito para tentar fazer a melhor compra possível com pouca grana (apenas R$300,00).
   Na minha cidade os preços eram muito altos e as opções eram poucas. Resolvi compra pela internet, comparei preços, pesquisei no google, no Reclame aqui e no twitter  o que outros consumidores diziam das lojas, afinal, essa era a minha compra na internet.
   Fiquei na dúvida entre Magazine Luiza e Ponto Frio (já que alguns conhecidos tiveram problemas com a entrega da Casas Bahia e encontrei muitas reclamações de outras lojas). Preciso dizer que fiquei muito satisfeita com o atendimento do Ponto Frio, desde que mencionei no twitter que estava em dúvida entre tais lojas tanto o Pinguim mais maneiro do twitter (@pontofrio) quanto a Lu (@magazineluiza) vieram falar comigo para tirar minhas dúvidas. O modelo que escolhi estava em falta na Magazine Luiza e então comprei no Ponto Frio. E aí foram dias de ansiedade, acompanhando cada etapa da compra, morrendo de medo de dar algum problema no meu pedido, coisa de gente ansiosa, sabe?
   Até que um belo dia (mais precisamente em 01/06/2012) eu estava na rua e o carteiro, que me conhece, disse que tinha uma encomenda para mim. Me entregou o pacote e eu fui andando, até chegar em casa e abrir com todo o cuidado e morrendo de medo de ter um tijolo dentro; vai saber, né? É cada coisa que a gente vê por aí. Era ela, a minha tão sonhada câmera fotográfica! Chegou uma semana antes do último dia do prazo estabelecido (para alívio da minha irmã que não aguentava mais me ouvir falando nessa bendita câmera).
   Comprei a Nikon Coolpix S3100. Paguei R$ 278,00  no boleto bancário e tive frete grátis. Não é uma marca totalmente desconhecida; é a bateria que por sinal dura muito, só recarreguei poucas vezes nesses cinco meses de uso (cansei de ver meus amigos ficando na mão quando esqueciam de recarregar as pilhas); veio com um cartão de 4GB para adiantar meu lado; faz vídeos de alta definição com qualidade 720p já que vai demorar até eu ter grana para comprar uma filmadora; tem zoom óptico de 5x, 14 megapixels e flash que ajuda bastante em ambientes pouco iluminados. Além de alguns outros recursos como 19 modos de cena (Festa, Paisagem,Pôr-do-sol, Animal de Estimação para tirar mais fotos dos meus gatos...), retoque rápido, cor seletiva,etc.
Algumas fotos que já fiz com a câmera (1 e 2- a festa que quase perdi,3 e 4- Liberdade, 5 e 6- flores)
Alguns efeitos da minha câmera.
Câmera do meu celular com seus dois megapixels e mais uma foto da minha cidade.
   É uma câmera compacta (bem pequena, leve e fácil de carregar, por sinal), não é uma câmera profissional como as de fotógrafos; mas serve muitíssimo bem para o que eu preciso: tirar fotos com os amigos e família, fotos dos eventos da cidade, fotos pro blog, e quem sabe, fazer também vídeos quando a timidez permitir.
   Já tirei mais de mil fotos e já fiz outras compras pela internet. Mais um sonho realizado e mais outros tantos para realizar! Pena que demorei muito para fazer esse post, em várias lojas nem tem mais o modelo da câmera que eu comprei, mas no buscapé (site de comparação de preços) dá pra encontrar ela e vários outros modelos . Se você não tem uma câmera digital ou quer trocar a sua, minha dica é  pesquisar muito sobre qual modelo é o ideal para as suas necessidades e buscar uma loja confiável (no site Câmera versus Câmera você encontra avaliações de vários modelos).
   E você, gosta de fotografia e entende do assunto? Qual o modelo da sua câmera? Gostou das minhas fotos? Já fez muitas comprar pela internet? Se sim, será que também fica na maior ansiedade esperando sua encomenda chegar? Diz aí!

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Eu vi: Filme O que esperar quando você está esperando

Fonte
   Oi gente! Alguém aí já viu o filme "O que esperar quando você está esperando (What to Expect When You're Expecting)" ? Dia desses, vi a Daniela Cristófoli do blog Etc, Moda e Tal falando sobre ele e resolvi assistir. É uma adaptação do livro sobre gravidez mais vendido no mundo.
   São seis histórias paralelas que vão se entrelaçando no decorrer do filme: "Jules (Cameron Diaz) e Evan (Matthew Morrison), ela uma personal trainer apresentadora de um reality show de perda de peso, ele um dançarino profissional de um reality show no estilo Dança com os Famosos; Holly (Jennifer Lopez) e Alex (Rodrigo Santoro), ela uma fotógrafa que está entre trabalhos, ele um produtor musical de sucesso; Wendy (Elizabeth Banks) e Gary (Ben Falcone), ela dona de uma loja de produtos infantis, ele um dentista de celebridades; Skyler (Brookly Deker) e Ramsey (Dennis Quaid), ela uma modelo bonitona, ele um ex-piloto da NASCAR e pai de Gary; Rosie (Anna Kendric) e Marco (Chase Crawford), ambos jovens chefs de trailers de comida; e finalmente Vic (Chris Rock), Gabe (Rob Huebel), Craig (Thomas Lennon) e Patel (Amir Talai), mais conhecidos como "os caras", grupo de pais que se reúne semanalmente para uma tarde sem julgamentos, longe de suas esposas."

   Fiquei curiosa para ver a atuação do Rodrigo Santoro, inicialmente foi o que me motivou a assistir (e não me arrependi). Pensei que seria um filme chato falando sobre gravidez, mas não tem nada de chato. Mostra casais que queriam muito ser pais, gravidez inesperada, aborto espontâneo, adoção, etc. Fala sobre toda a idealização em torno de uma gravidez e da criação dos filhos: que pode, mas na maioria das vezes não é um mar de rosas. O trailer do filme:

   Dei muita risada mas confesso que mesmo não sendo do tipo que chora vendo filmes, fiquei emocionada em algumas partes, principalmente quando Holly e Alex chegam até o bebê que vão adotar.
   Enfim, é um bom filme, uma comédia romântica. Foi lançado esse ano e como na minha cidade e nas cidades vizinhas não tem cinema, nem uma locadora para poder alugar quando saísse em DVD e eu não quis esperar até passar na tv, assisti pelo site que a Daniela indicou, aqui. Vi legendado, estou tentando melhorar meu inglês e foi um bom exercício, achei bem louca a tradução em algumas partes.
   Quem aí já assistiu? Quais filmes legais me indicariam?

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Blog do mês: Aline Diedrich

   Olá pessoas, tudo bem? O blog do mês escolhido entre os que comentaram aqui no Pétalas de Liberdade durante outubro é o blog da Aline Diedrich, uma gaúcha de 23 anos, Bacharela em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas e também escritora. O blog da Aline foi criado em 2009 e lá ela posta seus textos (que não são muito longos do tipo que desanimamos de ler, nem muito curtos).
   A Aline escreve sobre diversos temas, sempre com uma combinação de palavras incrível que faz com que  consigamos imaginar cada cena; as palavras parecem ter um ritmo que nos prende na leitura.
"Cidade e passado no retrovisor e o futuro pela frente. " Cosmopolita
"E ele pensou, atormentado pelo desejo, sobre ser feliz no final. Mas que se dane, queria aproveitar o tempo todo com jeito de lobo mau." Branca sem neve
"E depois que o sol nascer restará ainda a vontade de tudo aquilo que não aconteceu ontem." Menina cheia de graca
   Preciso confessar que não sou a maior fã de blogs te textos na internet, tem gente que publica quase um livro em um post e aí fica muito cansativo #fikdik, por outro lado, sei que não é fácil contar bem uma história em poucas linhas; por isso os textos da Aline são na medida certa.
   Acessem e depois me digam se gostaram tanto quanto eu: www.alinediedrich.blogspot.com.br  .
*Quem será o próximo escolhido, hein? Pode ser você! É só deixar seu comentário aqui no blog =] .