sábado, 30 de novembro de 2013

Acorde-me

   Sentindo o meu caminho em meio à escuridão, guiado pela batida de um coração. Não sei dizer onde a jornada vai acabar, mas sei onde começar.
   Dizem-me que sou muito jovem para entender, dizem que estou preso em um sonho. Bem, a vida vai passar por mim se eu não abrir meus olhos. Bem, tudo bem por mim. Então, acorde-me quando tudo estiver acabado, quando eu for mais sábio e mais velho.
   Todo este tempo eu estava procurando por mim mesmo, e não sabia que eu estava perdido. Tentei carregar o peso do mundo mas só tenho duas mãos.
   Espero ter a chance de viajar o mundo, mas não tenho nenhum plano. Gostaria de poder permanecer jovem assim para sempre, sem medo de fechar os meus olhos.
   A vida é um jogo feito para todos. E o amor é o prêmio.

   Olá pessoal, tudo bem? Gostaram do pequeno texto acima? Não é de minha autoria.
   Estava ouvindo a Rádio Uol e começou a tocar uma música que eu já havia ouvido outras vezes, ela tem um ritmo que me dá vontade de dançar, mas me parece ter uma certa melancolia ou algo do tipo.
   Dessa vez em que ouvi, fui procurar a tradução e achei a letra linda. Resolvi postar parte dela no blog para terminarmos o mês com música.
   O nome é "Wake Me Up" (traduzindo: Acorde-me), do cantor Avicii. Vocês podem ouvi-lá no player abaixo:
Wake Me Up by Avicii on Grooveshark
   Vejam o vídeo no YouTube clicando aqui.

   Gostaram da música? Aceito indicações de músicas legais!
   Tenham um bom final de semana! E até mês que vem!

*Gosta do blog? Então clique aqui.
Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade. 

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Resenha: livro "Tamanho 42 não é gorda", Meg Cabot

   Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é "Tamanho 42 não é gorda", escrito pela Meg Cabot e publicado no Brasil pela Galera Record.
livro, resenha, Tamanho 42 não é gorda, Meg Cabot, Galera Record
   O livro conta a história de Heather Wells. Ela era uma cantora de sucesso na adolescência, mas o tempo passou, ela ganhou alguns quilos, perdeu o contrato com a gravadora, o namorado e todo o seu patrimônio. Mas não pense que é uma história triste.
   Heather Wells perdeu tudo. Foi morar na casa de seu ex-cunhado, o detetive particular bonitão Cooper. E conseguiu um emprego num alojamento estudantil de uma faculdade de Nova York.
   Quando parecia que tudo estava bem, garotas começaram a aparecer mortas no prédio onde Heather trabalha, a hipótese inicial era de morte acidental. Mas Heather não acreditava nisso e decidiu investigar os fatos. O que colocou a vida dela em risco.
   Heather é uma personagem legal, corajosa, inteligente e sonhadora; só estava passando por uma fase complicada.

   Esse foi o primeiro livro da Meg Cabot que li; talvez eu tivesse expectativas grandes demais sobre ele. Algumas pessoas dizem que é um livro muito engraçado e que riram muito durante a leitura. Não achei que seja tão engraçado assim, talvez eu tenha dado uma ou duas gargalhadas, acho que divertido seria a palavra certa para descrevê-lo. Pode ser que, por ter me focado muito no mistério, em tentar descobrir quem era o assassino, eu não tenha prestado tanta atenção nas partes engraçadas.
   O livro tem mais de 400 páginas, mas eu li muito mais rápido do que esperava. Ele é dividido em capítulos curtos, cada um tem uma música da Heather no começo (algumas são bem legais). Eu dizia para mim mesma: "Só mais um capítulo e depois eu vou dormir"; quando ia ver, já tinha lido vários capítulos e já era super tarde. A leitura me prendeu, eu ficava curiosa para saber o que aconteceria em seguida.

   Alguns trechos que gostei:
trecho, livro, Tamanho 42 não é gorda, Meg Cabot, Galera Record, resenha

trecho, livro, resenha, Tamanho 42 não é gorda, Meg Cabot, Galera Record

   "Detesto decepcioná-la mas, de acordo com minha experiência, assassinos não são assim tão inteligentes.Aliás, são pessoas incrivelmente burras. É por isso que matam: são tão limitadas intelectualmente que não vêem outra saída." (página 248)

   Sobre a parte visual do livro: achei a capa muito bonita (nas fotos não consegui captar o tom exato do rosa), o tamanho das letras e das margens é bom e as folhas são brancas. Tem uma outra edição com a capa diferente, branca, mas gosto mais dessa que li.
capa, livro, Tamanho 42 não é gorda, Meg Cabot, Galera Record, resumo, resenha, baixar, online

contracapa, livro, Tamanho 42 não é gorda, Meg Cabot, Galera Record, resenha, resumo

   "Tamanho 42 não é gorda" é o primeiro livro da série "Mistérios de Heather Wells", já tem outros dois lançados e o quarto volume sairá em breve. Gostei do final do primeiro livro, o problema principal é resolvido, mas deixa algumas coisas em aberto, o que me deixou com muita vontade de ler a continuação.
   Uma coisa que me atrapalhou um pouco na leitura foi o nome da protagonista, eu não conseguia me acertar com a pronúncia do nome dela. Se alguém quiser me dizer como se pronuncia Heather, eu agradeço imensamente (é "Eater", é Reather"? É o que?).
   Em resumo: "Tamanho 42 não é gorda" é uma leitura divertida, envolvente, cheia de mistério, com algumas cenas de ação que me tiraram o fôlego.

   Sobre a autora:
Sobre a autora, Tamanho 42 não é gorda, Meg Cabot, Galera Record, resenha, livro
   Sobre: Tamanho 42 não é gorda, Meg Cabot, Editora: Galera Record, ISBN: 9788501075338, 411 páginas. Onde comprar online: FnacSubmarino.

   Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado do post. Quem já leu esse livro? O que achou?

Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade. 

sábado, 23 de novembro de 2013

Conheça a página Hora de Clarice


   Olá pessoal, tudo bem? Talvez vocês já tenham postado, ou visto algum amigo postando nas redes sociais, frases ou citações da escritora Clarice Lispector.
   "Clarice Lispector (10/12/1920 -9/12/1977) foi uma escritora e jornalista nascida na Ucrânia e naturalizada brasileira." (Isso é muito pouco para descrever quem foi Clarice, não acham?)
   Recentemente encontrei a página Hora de Clarice no Facebook, curti na hora e resolvi mostrá-la para vocês. Não foi nada fácil, mas escolhi alguns posts da página para colocar aqui.



   Além de trechos, na página também são postadas informações sobre a vida e a obra escrita por Clarice Lispector.
   Vocês acreditam que ainda não li nenhum livro dessa escritora? Mas vou mudar isso em breve, já estou com um livro na lista de próximas leituras. Mas só de ler alguns trechos e ouvir falar sobre essa grande escritora, já me encantei por Clarice Lispector. Encontrar a página Hora de Clarice foi muito bom.
   Deixo o convite para que vocês acessem a página: www.facebook.com/HoraDeClarice.

   Algumas pessoas postam ou compartilham trechos como se fossem da autoria de Clarice Lispector, mas não são; essa página é mantida pela Editora Rocco, que publicou livros dessa escritora, então vocês não correm o risco de pagar mico.

   Não sei se vocês estão acompanhando, mas todos os domingos na tv, no programa Fantástico da Rede Globo, está passando uma série baseada "em textos de Clarice Lispector publicados nas colunas femininas de jornais como o Correio da Manhã e O Comício sob o pseudônimo de Helen Palmer nas décadas de 50 e 60". Eu não perco um episódio, no site do Fantástico vocês podem procurar os episódios já exibidos. A série se chama Correio Feminino.

   Por hoje é só. Espero que vocês tenham gostado da página indicada. Alguém já conhecia?
   Vocês já leram algum livro da Clarice Lispector? Me indicam algum?
   Bom final de semana!
Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade. 

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Universidade de Middlesex

   Olá pessoal, tudo bem? Vocês já ouviram falar sobre a Universidade de Middlesex?
   A Universidade de Middlesex está sediada em Hendon , ao norte de Londres, uma curta distância do centro de Londres. Londres é uma das cidades mais famosas do mundo e é também conhecida pela sua badalada galeria de famosos que circulam por lá, pelos desfiles de moda e também pelo cenário atrativo de tantas culturas misturadas em um só lugar. Um sonho para qualquer estudante de arte ou fashion.
   A Universidade conta com um espaço de mais de 80.000.000 mil metros quadrados de construção eco-friendly. O “Grove”, assim e chamado, é uma casa moderna de Arte, Design e cursos de Mídia, proporcionando instalações “state-of-the-art” sob o mesmo teto. Além de workshops sob medida, o edifício inclui espaços para exposições e eventos para mostrar a criatividade dos alunos, ao lado de lugares para conhecer e relaxar.
   Muito legal né pessoal! Pra quem está pensando em fazer um intercâmbio cultural, ou Universidade de Artes em Londres, essa é uma ótima opção.
   A Universidade de Middlesex, conta que o que eles querem é: "Continuar a atrair os melhores estudantes criativos de todo o mundo e espero que o nosso pequeno filme incentive muitos estudantes a apreciar a arte emocionante e ensino de design que a Universidade de Middlesex, em Londres, tem para oferecer”.
   Um estudante de designer de moda internacional que faz parte da nova geração de talentos criativos estuda no Reino Unido. O estudante de moda da Middlesex MA disse: "Eu queria vir para Londres, como é inspirador, um lugar muito cosmopolita, com muitas culturas diferentes. É também um lugar divertido para se viver e há sempre coisas para fazer e muitas pessoas novas para atender. A primeira vez que visitei o campus Middlesex eu sabia que era certo para mim e as instalações foram as melhores que eu já vi. Todo mundo é muito simpático e se eu precisar de apoio, eu posso pedir ao meu líder de curso ou falar com os meus colegas, todos nós trabalhamos juntos e ajudamos uns aos outros”.
   Então, pra quem está em busca de novos caminhos e realmente quer soltar a sua imaginação que está ligada a fashion, design e Artes, a Universidade de Middlesex seria um ótimo caminho. Aqui vai um vídeo bem legal para vocês. A Universidade sempre está em busca de novos talentos.


   Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado do post.
cbblogers post patrocinado

Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade. 

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Resenha: livro "As vantagens de ser invisível", Stephen Chbosky

 Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é "As vantagens de ser invisível", do escritor Stephen Chbosky, publicado no Brasil pela editora Rocco.

ler online, trecho, resumo, sinopse, livro, baixar, pdf, filme, resenha, As vantagens de ser invisível, Stephen Chbosky, editora, Rocco, Jovens Leitores

 Em "As Vantagens de ser invisível", Charlie nos conta sobre sua vida. A história se passa nos anos de 1991 (ano em que eu nasci) e 1992.  Charlie tem 15 anos e está entrando no Ensino Médio. O único amigo que ele tinha no ano anterior se suicidou nas férias. Então ele conhece Sam e Patrick que estão no último ano e se tornam seus companheiros, seus melhores amigos. Charlie mora com seu pai, sua mãe, tem uma irmã e um irmão mais velhos (gostei da família dele, ele tem pais legais).

 Frase do pai de Charlie:
 "Nem todo mundo tem uma história triste, Charlie, mesmo que tivesse, isso não é desculpa." (página 38)

 Digamos que Charlie era um garoto invisível, ele via mas não participava do mundo. E é basicamente isso que o livro mostra: a vida de uma pessoa assim. O momento em que se sai do elenco de figuração e torna-se protagonista.

ler online, trecho, resumo, sinopse, livro, baixar, pdf, filme, resenha, As vantagens de ser invisível, Stephen Chbosky, editora, Rocco, Jovens Leitores, contracapa

 "As vantagens de ser invisível" tem pouco mais de 200 páginas, mas aborda tantos assuntos: amizades, relações familiares, homossexualidade, uso de drogas, aborto, suicídio, etc. Esse livro mexeu muito comigo, ao longo da leitura pensei coisas estranhas. Ele tem realmente um clima de "luta entre apatia e entusiasmo", melancolia e energia.

 Achei muito interessante o fato de ter várias referências a coisas dos anos 90 na história, como, por exemplo, máquinas de escrever ou fitas cassete (como as que eu mostrei nesse post). Charlie gravou algumas fitas com músicas para seus amigos, achei isso tão legal. Várias músicas são citadas no decorrer do livro, achei no YouTube uma playlist com todas elas, dá pra ouvir clicando aqui. A primeira vez que ouvi pensei: "Que músicas chatas! Não conheço nenhuma". Mas depois de ouvir a playlist algumas vezes pude perceber que ela realmente tem o clima da história.

 Uma citação de Charlie sobre músicas:
 "Tive uma sensação maravilhosa quando finalmente segurei a fita. Achei que tinha a mim mesmo na palma da mão, era uma fita que continha todas aquelas lembranças e sentimentos e grandes alegrias e tristezas. Bem na palma da minha mão.
 E penso em como muitas pessoas têm adorado essas canções.E como muitas pessoas passaram por maus bocados por causa dessas canções. E como muitas pessoas tiveram bons momentos com essas canções. E o quanto essas canções realmente significam.
 Acho que seria ótimo ter escrito uma delas. Aposto que, se eu tivesse escrito uma dessas músicas, ficaria muito orgulhoso. Espero que as pessoas que escreveram essas canções sejam felizes. Tomara que elas se sintam realizadas. Tomara mesmo, porque elas me fazem feliz. E eu não sou o único." (página 72) 
 (Acho que por aqui é possível entender o que os fãs sentem por seus músicos preferidos, o que a música significa para as pessoas, o que eu senti com a morte de dois integrantes da banda Charlie Brown Jr. .)

 No começo do livro eu achava o Charlie bem chato, toda hora ele chorava, só no final eu fui entender o motivo desse comportamento.

 Eu e Charlie temos algumas coisas em comum (talvez eu também seja invisível como ele), mas uma em especial me chamou a atenção: ele faz aniversário no mesmo dia que eu, 24 de dezembro. Depois dessa leitura eu nunca mais vou reclamar por não ganhar dois presentes, um de aniversário e outro de Natal. Quem já leu esse livro sabe o motivo.

 Também pensamos de forma semelhante sobre alguns assuntos:
 "Então, eu acho que somos quem somos por várias razões. E talvez nunca conheçamos a maior parte delas. Mas mesmo que não tenhamos o poder de escolher quem vamos ser, ainda podemos escolher aonde iremos a partir daqui. Ainda podemos fazer coisas. E podemos tentar ficar bem com elas.
 Acho que, se um dia eu tiver filhos e eles ficarem perturbados, não vou dizer a eles que as pessoas passam fome na China nem nada assim, porque isso não mudaria o fato de que eles estão transtornados. E mesmo que alguém esteja muito pior, isso não muda em nada o fato de que você tem o que você tem. É bom e mau.
 (...)Talvez seja bom colocar as coisas em perspectiva, mas às vezes acho que a única perspectiva é estar aqui. Como disse a Sam. Porque não há problema em sentir as coisas. E ser quem você é." (página 221)
 "Não sei se é melhor ter seus filhos felizes e não irem para a faculdade. Não sei se é melhor estar perto de sua filha ou ter certeza de que ela tenha uma vida melhor do que a sua. Simplesmente não sei." (página 69)

 O professor do Charlie (um cara bem legal chamado Bill) dava livros para ele ler, a maioria são clássicos (quero ler todos); um deles é "On the road", escrito por Jack Kerouac, livro que li e resenhei esse ano e que, pensando bem, tem semelhanças com "As vantagens de ser invisível": além de falar sobre drogas, os dois tem um clima diferente, despertam sentimentos.
 ''Para começar, Bill me deu uma nota C por meu trabalho sobre O sol nasce para todos, porque ele disse que eu misturo minhas frases. Agora estou tentando não fazer desse jeito. Ele também disse que eu devo usar as palavras do vocabulário que eu aprendo na aula, como "corpulento" e "icterícia". Eu as usaria aqui, mas não acho que sejam apropriadas para um texto como este.
 Para falar a verdade, eu não sei onde elas são apropriadas. Não estou dizendo que você não deve conhecê-las. Você conhece, com toda certeza. Mas é só que eu nunca ouvi ninguém usando as palavras "corpulento" e "icterícia" em toda minha vida. E isso inclui os professores. Então, por que usar palavras que ninguém conhece ou usa normalmente? Essa é uma coisa que eu não entendo." (página 24)

 "― Você sempre pensa muito nisso, Charlie?
 ― Isso é ruim? ― Eu só queria que alguém me dissesse a verdade.
 ― Não necessariamente. É só que às vezes as pessoa usam o pensamento para não participar da vida.
 ― Isso é ruim?
 ― É.
 ― Mas eu acho que participo. Você não acha?
 ― Bom, você dança nesses bailes?
 ― Eu não sei dançar bem.
 ― Está saindo com garotas?
 ― Bom, eu não tenho carro, e mesmo que tivesse não poderia dirigir porque só tenho quinze anos, e, de qualquer forma, não conheci nenhuma garota de que gostasse, exceto a Sam, mas sou novo demais para ela, e ela teria de dirigir sempre, o que não acho certo." (página 34)

 Mais uma coisa interessante: onde a história se passa, é possível ter permissão para dirigir aos dezesseis anos.

capa, ler online, trecho, resumo, sinopse, livro, baixar, pdf, filme, resenha, As vantagens de ser invisível, Stephen Chbosky, editora, Rocco, Jovens Leitores
Sobre o autor:
sobre o autor, ler online, trecho, resumo, sinopse, livro, baixar, pdf, filme, resenha, As vantagens de ser invisível, Stephen Chbosky, editora, Rocco, Jovens Leitores

 Pelo que eu pesquisei, ele não tem outros livros publicado no Brasil, o que é uma pena.
 Gostei bastante da capa do livro, do tom de verde. Essa edição tem a foto dos atores que fizeram Charlie, Patrick e Sam no filme, achei essa mais bonita que a capa da primeira edição. As folhas são brancas, o tamanho da letra e das margens é bom.

 Em 2012 foi lançado o filme desse livro, quero muito assistir, deixo o trailer dele para vocês verem:


 "Eu me sinto infinito." e "a gente aceita o amor que acha que merece" também são citações marcantes desse livro.
 Pode ser que essa não tenha sido minha melhor resenha, certamente foi uma das mais difíceis de fazer. Eu não encontrava as palavras para expressar fielmente o quanto esse livro foi incrível para mim. É um livro pequeno no tamanho, mas tão grande na história e no significado. Eu recomendo a leitura e torço para que quem ler goste tanto quanto eu.

 Número de páginas: 223; ISBN: 9788532522337; ano: 2012; página no Skoob. Onde comprar online: Ponto Frio (está por menos de R$20,00), Americanas, Saraiva.

 Por hoje é só, espero ter conseguido colocar todas as minhas impressões sobre o livro em palavras. Vocês já leram "As vantagens de ser invisível"? Ou já viram o filme? O que acharam? E a resenha, ficou boa ou grande demais? 

Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade. 

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Clube de Vênus

Clube de Vênus
   Olá pessoal, tudo bem? Recentemente meu blog tornou-se parceiro da escritora Adriana Vargas, com essa parceria acabei conseguindo parceria também com a Modo Editora e com a escritora Cristina Frentzen.
   Cristina Frentzen é autora do livro "Clube de Vênus", que será lançado em eBook na Amazon em dezembro e impresso em fevereiro.
   Semana passada recebi a apostila com o texto da primeira temporada (primeiro volume) de "Clube de Vênus", vou ler e resenharei para vocês em breve.
Clube de Vênus
   Sinopse: "Você nunca faria amor comigo sabendo o que esperar de mim... Você vai esperar, até que eu perca o controle, que eu seja uma ameaça para tudo e todos, para você e para mim... Neste dia eu irei beijá-la como nenhum homem jamais a beijou, eu irei devorá-la de dentro para fora... " Dr. Tom Esquivel é cirurgião residente do principal hospital de Nova Suburbia e leva uma pacata vida de casado. Quando recebe o chamado para uma consulta de rotina, sua vida muda drasticamente. Ele conhece Dra. Erica Stone, sua nova chefe que guarda um segredo a sete chaves, disposta a compartilhar com Tom em troca de algo que ele anseia mais do que tudo: ela.

   "Clube de Vênus" conta a história do médico bonitão Tom Esquivel que vê sua vida mudar após conhecer sua nova chefe, Erica Stone. Pelos trechos que já li, posso adiantar que o livro é bem quente, por isso a leitura é recomendada apenas para maiores de dezoito anos.
   Logo terminarei de ler e postarei a resenha no blog. Ah, a imagem que abre esse post é de como será a capa do livro, eu achei linda!
   Para quem quiser saber mais um pouco e ler alguns trechos, é só acessar o blog do livro: www.clubedevenus.blogspot.com.br e a página no Facebook: facebook.com/serieclubedevenus. Quem gostar, já pode adicionar o livro na estante do Skoob.

   Por hoje é só, tenham um bom feriado!
   Ah, já viu os livros da minha última Caixa de Correio? Se ainda não viu, clique aqui. E se você gosta do blog, vote nele no Prêmio TopBlog 2013, veja como votar aqui.
Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade. 

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Caixa de Correio: livros de outubro

   Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje vim mostrar os livros que chegaram para mim no mês de outubro. Foram quatro livros, três emprestados e um comprado (na foto abaixo só tem três, quando o último chegou eu já havia devolvido os outros dois).
Livros de Outubro, Pétalas de Liberdade
   - Famílias Sousa e Pires de Cabanes - Portugal e sua História, Padre Tadeu Jesus Vieira. ISBN: 9788578510480. 176 páginas.
   Mês passado fui ao primeiro lançamento de livro da minha vida. Cheguei do trabalho bem cansada, mas minha vontade de ir era tão grande que eu fui mesmo cansada.
   O padre Tadeu trabalhou na minha cidade durante muitos anos. Ele escreveu um livro relatando "em breves comentários a trajetória de seus antepassados e a busca em descobrir parentes em Portugal. No livro Pe. Tadeu fala um pouco sobre a região em que seu avô nasceu e também sobre Serranos e Seritinga (MG), lugar em que cresceu."
   Ele veio lançar o livro aqui na minha cidade, Liberdade-MG. No lançamento, além de autógrafo com dedicatória e fotos, teve um vídeo mostrando o lugar em que os antepassados do padre moravam (e onde ele ainda tem parentes) em Portugal. 
   Eu gostei bastante. Tinha mais gente do que eu imaginava. Comprei dois exemplares, um para mim e outro para dar de presente; o livro custou R$15,00 e veio com um marcador de páginas, acho que não dá para comprá-lo online. Ainda não li ele todo, mas já dei uma folheada e parece bem interessante.

   - Tamanho 42 não é gorda, Meg Cabot. Editora: Galera Record. ISBN: 9788501075338. 411 páginas: . Página no Skoob. Onde comprar online: Submarino.
livro, Tamanho 42 Não É Gorda - Mistérios de Heather Wells - Vol. 1 - Meg Cabot
   Sinopse: Neste novo sucesso, Meg Cabot nos apresenta Heather Wells, uma cantora pop que chegou a um ponto nada desejado de sua carreira artística: o fundo do poço. Nenhuma gravadora se interessa por suas músicas, o pai está atrás das grades e a mãe fugiu para Buenos Aires com todo o seu dinheiro... Mas, quando Heather arruma um trabalho de inspetora em uma faculdade, tudo muda... ou, pelo menos, é o que parece.
   Esse livro eu peguei emprestado, já li e resenharei em breve, gostei bastante. Foi o primeiro que li da Meg Cabot, é o primeiro de uma série, já quero ler os outros!

   - As Vantagens de Ser Invisível, Stephen Chbosky. Editora: Rocco. ISBN: 9788532522337. 224 páginas. Página no Skoob. Onde comprar online: SubmarinoPontoFrio (aproveitem, tá menos de R$20,00!!!).
livro, As Vantagens de Ser Invisível, Stephen Chbosky, barato, baixar,
   Sinopse: Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.
As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.
Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.
   Esse livro também peguei emprestado; já li e resenharei em breve. Posso dizer que achei ele bom demais!
   
   - Uma Garrafa no Mar de Gaza, Valérie Zenatti. Editora: Seguinte. ISBN: 9788565765022. 128 páginas. Página no Skoob. Onde comprar online: SubmarinoSaraiva.
livro,  Uma Garrafa no Mar de Gaza, Valérie Zenatti
   Sinopse: Um homem-bomba se explodiu dentro de um café em Jerusalém. Seis corpos foram encontrados. Uma garota, que se casaria naquele dia, morreu junto com o pai "algumas horas antes de vestir seu lindo vestido branco". E Tal não consegue parar de pensar em tudo isso. Tal é uma israelense que, como toda garota de dezessete anos, vive suas primeiras experiências - o primeiro grande amor, as primeiras escolhas profissionais e também o primeiro atentado. Depois de vivenciar esse momento trágico, ela escreve uma carta a um palestino imaginário, coloca em uma garrafa e pede ao irmão, que presta o serviço militar perto de Gaza, para lançá-la ao mar. Algumas semanas depois, recebe a resposta de um certo "Gazaman"...
   O último livro do mês; peguei emprestado, já li e resenharei em breve. Esse também é bom demais!

   Esses foram os livros de outubro. O que mais gostei foi "As Vantagens de Ser Invisível". Como dá para perceber por esse post, estou com algumas resenhas atrasadas, tem alguma que vocês querem que eu poste primeiro?
   Esse blog está virando quase um blog literário, mas fazer o que se minha vida ultimamente está cheia de livros? Vocês estão gostando? Querem que eu faça posts sobre outros assuntos?

   Aproveito esse post para divulgar o resultado do sorteio em parceria com a loja Menina de Palavra, quem ganhou foi: Camila Moraes. Parabéns! A Mariana, dona da Menina de Palavra, vai entrar em contato com você. Quem não ganhou não precisa ficar triste, em breve teremos mais oportunidades de presentear os leitores.

   Por hoje é só, espero que tenham gostado do post. Se você gosta do blog Pétalas de Liberdade, vote nele no prêmio TopBlog, veja aqui como votar.
Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade. 

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Prêmio TopBlog

brilho, purpurina, glitter
Imagem encontrada aqui.

   Olá pessoal, tudo bem? Esse ano meu blog foi indicado ao Prêmio TopBlog na categoria Variedades.
   É a segunda vez que participo e quero pedir a ajuda de vocês.
   Se você gosta do Pétalas de Liberdade, se gostou de algum post do blog ou se visita sempre o Pétalas de Liberdade, peço que vote nele e me ajude a passar para a segunda fase do prêmio.

   Para votar é bem fácil, tem duas formas: por e-mail ou pelo Facebook. Na barra lateral do blog tem um banner dourado/amarelo onde está escrito "Prêmio 2013 vote aqui!" (logo abaixo do tradutor, perfil e e-mail de contato), é só clicar ali e:
   - vai abrir uma nova página onde você deve colocar seu nome e e-mail e clicar em votar. Você receberá um e-mail para confirmar seu voto, é só clicar no link no e-mail que você recebeu e confirmar.
   - você também pode votar usando o Facebook, é só clicar em votar e seguir as instruções.

   É super rápido e você estará fazendo uma blogueira feliz, é muito importante para mim.
   A votação vai até dia 25 de janeiro de 2014. Se você também é blogueiro, pode inscrever seu blog no site e concorrer.
   Conto com a ajuda de vocês! Desde já, muito obrigada!
   Ah, as inscrições para o sorteio do vale compras de R$100,00 terminam terça-feira, participem clicando aqui.
Bom final de semana!
Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade. 

terça-feira, 5 de novembro de 2013

5 on 5: cores

   Olá pessoal, tudo bem? Como eu disse ontem, hoje é dia do projeto fotográfico 5 on 5! Esse mês, tínhamos que fazer cinco fotos com o tema cores.
céu azul, verde, Liberdade MG, morro, rodovia
   1 - Azul e verde. Vista que eu tenho da minha casa, esse azul do céu e o verde desse morro são ainda mais bonitos ao vivo. Foto sem nenhum efeito.
amarelo, verde, flores
   2 - Verde e amarelo. Essa plantinha que tem no quintal da minha casa tem muitas flores amarelinhas.
abelha, amarelo, enfeite
   3 - Amarelo. Minha abelhinha amarela.
Kombi, miniatura, livros azuis
   4 - Azul. Alguns livros azuis e minha miniatura de Kombi.
Nárnia, livros, urso de pelúcia
   5 - Preto e branco. Meu ursinho fofo e alguns livros com lombada preta ou branca.

   Dessa vez eu fiz as fotos com alguns dias de antecedência, nada de deixar para a última hora como em meses anteriores. Não acho que elas tenham ficado perfeitas, mas eu gostei do resultado.
   E aí, gostaram das minhas fotos? Mês que vem tem mais.Alguém tem alguma sugestão de tema para o próximo mês?
   Convido vocês para verem as fotos dos outros participantes:  Isabel, Angela, Claudia e Pedro.
   Por hoje é só, espero que vocês me contem o que acharam do post nos comentários. Deixo o lembrete de que temos um sorteio ativo no blog, para participar é só clicar aqui

Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade. 

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Blog do Mês: "Like a Rock, Like a Roll"

   Olá pessoal, tudo bem? Começo de mês é hora de... fazer o post sobre o "Blog do Mês"! O indicado de hoje é o blog "Like a Rock, Like a Roll" da Indira.
   A Indira sempre deixa comentários aqui no Pétalas de Liberdade. Indo retribuir um desses comentários conheci o blog dela.
   Ele tem um estilo diferente, um layout bonito onde a cor preta predomina. Palavras da Indira na descrição: "Meu blog é um mix de tudo que eu gosto: musica, arte, dicas, estilos e até makes." Eu gosto de blogs assim!
   Os assuntos abordados são os citados acima, tem também as resenhas de livros que eu acho muito boas. Com posts bem feitos e interessantes, o blog "Like a Rock, Like a Roll" merece a sua visita: www.likearocklikearoll.blogspot.com.br!
Olha que coisa mais fofa! (fonte)
   Mudando um pouquinho de assunto, dá para acreditar que falta pouco para 2013 acabar?!
   Outubro foi um mês bem animado aqui no blog, foram doze posts, o record de postagens do ano! Foram três resenhas literárias (o divertido "Melancia", o filosófico "O mundo de Sofia" e o clássico "Cem anos de solidão"); dois posts sobre música (o clipe de "Um dia a gente se encontra", da banda Charlie Brown Jr. e o clipe novo da Sandy com participação do Marcelo Adnet), um post fotográfico super nostálgico, entre outros.
   Tem também um sorteio que vai dar um vale compras de R$100,00 na loja Menina de Palavra e dois cds de uma cantora muito talentosa, quem não se inscreveu tem até dia 11 para tentar a sorte, é só clicar aqui.
   Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado do blog indicado. Lembrando que para ser o Blog do Mês basta comentar nas postagens do Pétalas de Liberdade.
   Ah, amanhã é dia de 5 on 5! Será que vocês adivinham qual será o tema?
   Que Novembro seja muito bom para todos nós!

   * Logo após publicar esse post, acessei o blog da Indira e vi que ela está de luto e deve ficar algum tempo sem postar. Indira, que você encontre forças para superar esse momento difícil!

Me acompanhem nas redes sociais:  twitter: @marijleitefacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| InstagramFlickrLivraria Pétalas de Liberdade.