sábado, 31 de maio de 2014

Resenha: livro "O visconde que me amava", Julia Quinn

     Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é "O visconde que me amava", escrito pela Julia Quinn e publicado no Brasil pela editora Arqueiro.
     É o segundo livro da série Família Bridgerton, mas são histórias independentes, não é continuação e não precisa ler o livro anterior para entender o segundo; cada um conta a história de um dos irmãos Bridgertons.
Resenha, livro, O visconde que me amava, Julia Quinn, Arqueiro, trechos, quotes, sinopse, capa, resumo, romance, romance de época

     Anthony era o mais velho dos irmãos Bridgertons, havia herdado o título de visconde de seu pai. O tio e o pai de Anthony morreram muito jovens e de causas não explicadas, por isso, ele sempre sentiu que não viveria muito tempo.
     " - Às vezes... - disse Anthony com voz hesitante - ... às vezes, exitem razões para os nossos medos que nós não conseguimos explicar. Pode ser só uma sensação, algo que sabemos que é verdade mas que pareceria infantil a outra pessoa." (página 163)
     Aos 29 anos, sentindo que seu tempo estava acabando, Anthony decidiu deixar sua vida de libertino, se casar e ter filhos para  que pudesse passar seu título a diante. Ele estava determinado a escolher uma mulher que pudesse ser uma boa esposa mas não pretendia amá-la, seus pais se amavam muito e ele viu como sua mãe sofreu quando ficou viúva, ele não queria que isso acontecesse novamente.
     "Mas o amor era o inimigo dos mortais. Era a única coisa capaz de tornar o restante de seus anos intoleráveis - provar da felicidade e saber que ela lhe seria arrancada." (página 173)
     Kate Sheffield, sua meia-irmã Edwina (a caçula) e sua madrasta Mary vão para Londres para a temporada de bailes de 1814, a intenção é que as duas jovens consigam arrumar um casamento na temporada. Edwina certamente terá chances muito maiores que Kate, já que é a mais bonita das duas.
     Ao conhecê-las, Anthony decide que Edwina seria a escolha perfeita para sua esposa. Mas por amar e confiar muito em sua irmã mais velha, Edwina só se casaria com um homem que Kate aprovasse. E Kate não gosta nem um pouco da ideia de ver sua irmãzinha casada com um libertino, um homem que poderia fazer a garota sofrer muito.
     Na tentativa de fazer Kate abençoar seu casamento, Anthony se aproxima dela. Eles brigam muito, mas muito mesmo. Eu nunca tinha encontrado um casal que brigasse tanto nos livros, e era difícil saber de qual lado ficar. No meio de tantas brigas, eles acabam se apaixonando um pelo outro.
     "- As mulheres não deveriam ter bichinhos de estimação se não conseguem controlá-los.
     - E os homens não deveriam levar as mulheres com bichinhos de estimação para uma volta no parque se não podem controlar nenhum deles - retrucou ela." (página 63)
     "Ele não tinha certeza de como acontecera, mas a opinião dela significava muito para ele. Sem dúvida, precisava de sua aprovação para cortejar Edwina - algo que vinha negligenciando bastante -, mas havia algo mais. Ela o insultara, quase o aforara no lago Serpentine, humilhara-o no Pall Mall e, mesmo assim, ele desejava que ela tivesse uma opinião favorável a seu respeito." (página 142)

     É um livro bastante divertido. Nas partes finais, a história arranca suspiros, é tão romântica, encantadora e apaixonante. A maior nota que dou para um livro no Skoob é quatro, cinco seria apenas para livros que mudassem minha vida. "O visconde que me amava" não mudou minha vida, mas ganhou nota cinco; na última página eu pensei, pensei, e não achei nada que pudesse descontar pontos na avaliação do livro. É o melhor romance que já li até hoje!
     Comparando com o primeiro da série, "O Duque e Eu" (já lido e resenhado no blog), que conta a história de Daphne Bridgerton e o duque Simon Basset, gostei mais do segundo livro. Me pareceu mais liberal, menos careta (a história se passa em 1814, uma época com ideias e regras bem diferente da nossa); talvez por o protagonista ser um homem.
     Todos os personagens tem sua importância e um momento de destaque na história, o que me fez gostar ainda mais da família Bridgerton. E a relação de Kate com sua madrasta é muito bonita, Mary não trata de forma diferente suas duas filhas, Edwina é uma garota muito inteligente e não só um rostinho bonito.

Resenha, livro, O visconde que me amava, Julia Quinn, Arqueiro, trechos, quotes, sinopse, capa, resumo, romance, romance de época, contracapa
Resenha, livro, O visconde que me amava, Julia Quinn, Arqueiro, trechos, quotes, sinopse, capa, resumo, romance, romance de época

     A diagramação está perfeita, tamanho das letras e margens ótimos, folhas amareladas e uma capa linda. Pelo visto, são características frequentes nos livros da Editora Arqueiro.

     Mais alguns trechos que gostei:
     "Deus, como ele gostava de tempestades.
     Era difícil dizer por quê. Talvez fosse apenas a prova do poder da natureza sobre o homem. Ou a energia da luz e do som que pulsava a seu redor. Qualquer que fosse o motivo, ele se sentia vivo." (página 154)
     "- Precisamos viver cada momento como se fosse o último, como se fôssemos imortais - afirmou ela. - Quando meu pai adoeceu, tinha tantos arrependimentos... Ele me disse que havia tantas coisas que queria ter feito... Sempre imaginara que teria mais tempo. Nunca me esqueci disso. Por quê você acha que resolvi aprender a tocar flauta numa idade tão avançada? Todos disseram que eu era velha demais, que para ser realmente boa eu deveria ter começado quando criança. Mas a questão é que não preciso ser boa. Só tenho que me divertir com isso. E saber que tentei." (página 283)
     "O visconde que me amava" é um livro lindo, emocionante e divertido ao mesmo tempo, que eu recomendo a leitura.
     Espero que vocês tenham gostado da resenha. Alguém aí já leu esse livro?
     Aproveito para lembrar que estou sorteando o livro "A linguagem das flores", também da editora Arqueiro. A história é tão bonita quanto a de "O visconde que me amava". Ainda tem poucas pessoas inscritas e o prazo para participar termina dia 12/06/2014. Para participar, clique aqui e preencha o formulário.
     Detalhes: 304 páginas, ISBN: 9788580411973, Skoob. Onde comprar online: Submarino, Saraiva.
     Bom final de semana!
Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Iconosquare, como colocar o gadget do Instagram no blog

     Olá pessoal, tudo bem? Mês passado fiz um post falando sobre o Gramblr, o programa que posta fotos no Instagram direto do computador (clique aqui para ver o post). Depois que conheci e comecei a usar o Gramblr, queria colocar o gadget do Instagram na barra lateral do blog, para que quem acessasse o Pétalas de Liberdade pudesse ver as fotos que postei. Foi aí que conheci o site Iconosquare (que se chamava Statigram).
     Existem outros sites que fazem o widget, mas a vantagem do Iconosquare é que ao clicar na foto, o leitor já vai direto para o meu perfil no Instagram; além de o Iconosquare oferecer muitas outras facilidades e ter um layout perfeito para o desktop, mostrando detalhes melhor que no celular.

     Como colocar o gadget do Instagram no blog:
Iconosquare, tutorial, como colocar o gadget do Instagram no blog, widget, ver quem não segue de volta no Instagram

     Acesse: www.iconosquare.com, clique em Sign in with Instagram e faça login com seu nome de usuário e senha do Instagram.
     Após fazer o login, role a página até encontrar Photo Gallery Widget e clique em Get Your Widget.
     Configure da forma que preferir (altura, largura, cores...), em Preview dá pra ver como está ficando, e clique em Get Code, copie o código, vá no Layout do seu blog e cole o código em um gadget HTML/JavaScript. Pronto!
     Alguma dúvida?

     Além do widget para o blog, no Iconosquare é possível ver, curtir e comentar as fotos postadas pelas pessoas que você segue (no site do Instagram também dá pra fazer isso), pesquisar hashtags, ver quem são seus seguidores e quem não te segue de volta (no Instagram para desktop não dá pra fazer isso).
     No Techtudo tem um tutorial super completo sobre todas as funcionalidades do Iconosquare.

     Aliando o Gramblr, o  Iconosquare e o site do aplicativo, quem não tem celular ou tablet com IOS ou Android pode aproveitar praticamente todas as funcionalidades do Instagram.
     E pesquisando no Google, é possível encontrar vários tutoriais de como reproduzir os filtros do Instagram no PhotoScape.

     Espero que vocês tenham gostado da dica.
     E me sigam no Instagram, @marijleite, sigo todos de volta ;) !

Sorteio, clique aqui e participe.

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Resenha: livro "A rainha dos condenados", Anne Rice

     Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é "A rainha dos condenados", escrito pela Anne Rice e publicado no Brasil pela Editora Rocco.
Capa, Resenha, livro, A rainha dos condenados, Anne Rice, trechos, quotes, Crônicas Vampirescas, comprar,

Contracapa, Resenha, livro, A rainha dos condenados, Anne Rice, trechos, quotes, Crônicas Vampirescas, comprar, sinopse, livro sobre vampiros
     "A rainha dos condenados" é o terceiro livro da série Crônicas Vampirescas. Não prestei atenção nisso quando fui pegá-lo emprestado; gostei da capa, gostei da sonoridade do título e do nome da autora e peguei para ler. Tenho essa mania!
     Felizmente, foi possível entender a história mesmo sem ter lido os livros anteriores (li as sinopses e algumas resenhas deles), o que é essencial das duas primeiras histórias é contado resumidamente no terceiro livro. Isso já foi um ponto que me agradou.
     Tudo começa com o lançamento de um livro chamado "Entrevista com o Vampiro", um repórter teria entrevistado o vampiro Louis que contou sobre sua vida desde que se tornou imortal. Embora os leitores de tal obra não tenham certeza se é realidade ou ficção, o assunto do momento passa a ser os vampiros.
     Aproveitando que o assunto está em alta, o vampiro Lestat lança uma autobiografia e um disco. Mais uma vez o público não tem certeza se Lestat é mesmo um vampiro ou apenas mais um astro de rock excêntrico e estiloso, o fato é que ele faz um grande sucesso.
     A música de Lestat chega aos ouvidos de Akasha, a mãe de todos os vampiros, a rainha dos condenados. Com mais de seis mil anos de existência, ela estava adormecida em um santuário. A música de Lestat desperta Akasha.
     "Aquele paradoxo fazia minha cabeça girar. E meus ínfimos planos não muito anteriores estavam ali para me atormentar: desejara que o mundo dos mortais me conhecesse, desejara ser a imagem do mal no teatro do mundo, e assim fazer o bem...
     (...) E havia uma vozinha sussurrando em meu ouvido, martelando-me  com o velho ditado: tome cuidado com aquilo que desejar, pois seu desejo pode se realizar."  (página 456)
     O problema é que Akasha tem uma visão distorcida da realidade e planos de mudar o mundo de uma forma extremamente radical, colocando a vida de humanos e vampiros em risco.
     Para tentar detê-la, um grupo de vampiros de diferentes idades se reúne em busca de uma saída. A partir dessa reunião conhecemos toda a história do surgimento dos vampiros que ocorreu há mais de seis mil anos.
     "- Masculino e feminino. Será que a questão sempre foi só essa? - sussurrei." (página 452)
     "- Como é possível romper um ciclo de violência com mais violência desenfreada?" (página 527)

     O livro é grande (592 páginas) e divido em partes, algumas partes focam em um personagem específico. É uma leitura demorada e com uso de uma linguagem digamos que hipnotizante ou embriagante em alguns trechos, principalmente quando se trata do irresistível Lestat narrando a história!
     Caso alguém não saiba, não sou fã de livros cheios de violência e mortes. "A rainha dos condenados" tem muito derramamento de sangue! Talvez, por eu ter intercalado com outras leituras, a história não tenha sido assustadora. É o tipo de livro que minha mãe ficaria horrorizada se soubesse que eu estava lendo. A vontade de descobrir como tudo ia terminar é que me fez continuar lendo até o final, e valeu a pena.
     O livro tem também algumas partes divertidas e outras que nos fazem pensar sobre a vida:
     "Os encontros ficaram cada vez mais compridos. As conversas, as discussões e as brigas tornaram se regra. Uma vez Armand arrastou Daniel para fora da cama em Nova Orleães e gritou com ele:
     - Pegue o telefone, quero que ligue para Paris, quero ver você falar com Paris.
     - Merda, ligue você - Daniel rugira de volta. - Tem quinhentos anos de idade e não sabe usar um telefone?Leia as instruções. Afinal, você é um imortal idiota? Não vou fazer isso!"  (página 110)

     "Nesta época de agora existe uma horrível solidão. Não, escute. Naquela época morávamos seis ou sete em cada quarto, quando eu ainda era um dos vivos. As ruas das cidades eram mares humanos; e agora, nestes prédios altos, almas ignorantes vivem em luxuosa privacidade, contemplando através da janela de uma televisão o mundo distante onde se beija e se toca. Ficar sozinho assim deveria criar algum grande fundo de conhecimento coletivo, algum novo nível de consciência humana, um curioso ceticismo." (página 113)

     "- Acho que não sabemos o que é real ou não - dissera sem querer. - Se a gente olha para alguma coisa durante muito tempo, de repente essa coisa se torna monstruosa." (página 195)

     Uma coisa que gostei é que "A rainha dos condenados" foi lançado na década de 80, mas em nenhum momento senti que estava lendo um livro "antigo", poderia perfeitamente ser um livro escrito nos dias de hoje.
     Sobre a parte visual e gráfica: a capa não tem orelhas, as folhas são brancas e o tamanho das margens e das letras é bom.

     Detalhes: 592 páginas, ISBN: 8532500315, Skoob. Onde comprar online: Livraria da Folha, Saraiva (é um livro relativamente caro, por isso, vale pesquisar em sebos ou tentar trocar com quem já tenha lido).

     Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado do post. Alguém aí já leu "A rainha dos condenados", algum outro livro das Crônicas Vampirescas ou da Anne Rice?

Sorteio do livro "A linguagem das flores".
Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

terça-feira, 20 de maio de 2014

Caixa de Correio: livros de abril

     Olá pessoal, tudo bem? Hoje vim falar um pouco sobre os livros que chegaram na minha caixa de correio no mês passado. Foram quatro livros, dois recebidos de parceria e dois emprestados.
livro, Garota interrompida, A força dos quietos, Escolha o seu sonho, E agora ou nunca

     Garota, Interrompida - Susanna Kaysen, Editora Única, ISBN: 9788573128628, ano: 2013, páginas: 190, Skoob. Onde comprar online: SubmarinoAmericanas.
     Sinopse: Quando a realidade torna-se brutal demais para uma garota de 18 anos, ela é hospitalizada. O ano é 1967 e a realidade é brutal para muitas pessoas. Mesmo assim poucas são consideradas loucas e trancadas por se recusarem a seguir padrões e encarar a realidade. Susanna Keysen era uma delas. Sua lucidez e percepção do mundo à sua volta era logo que seus pais, amigos e professores não entendiam. E sua vida transformou-se ao colocar os pés pela primeira vez no hospital psiquiátrico McLean, onde, nos dois anos seguintes, Susanna precisou encontrar um novo foco, uma nova interpretação de mundo, um contato com ela mesma. Corpo e mente, em processo de busca, trancada com outras garotas de sua idade. Garotas marcadas pela sociedade, excluídas, consideradas insanas, doentes e descartadas logo no início da vida adulta. Polly, Georgina, Daisy e Lisa. Estão todas ali. O que é sanidade? Garotas interrompidas.
Garota, Interrompida, Susanna Kaysen, Editora Única, ISBN: 9788573128628, livro, capa, sinopse
     Recebi "Garota, interrompida" da parceria com a Editora Única, já fazia tempo que queria esse livro. E que capa linda! Quem me segue no Instagram deve ter visto uma foto que postei quando o livro chegou, recebi também três marcadores lindos da Saga Encantadas.


     A força dos quietos - Jennifer Kahnweiler, Editora Gente, ISBN: 9788573129373, ano: 2014, páginas: 232, Skoob. Onde comprar online: Submarino, Saraiva.
     Sinopse: “Este livro extraordinário demonstra que você não precisa gritar para ter voz e ser ouvido.” Susan Cain, autora de O Poder dos Quietos Qualquer pessoa que desempenha um papel, seja ele profissional ou pessoal, precisa influenciar as outras em diversos momentos. E virou ponto comum que grandes influenciadores tomam o centro do palco, conseguem se vender, falam mais alto e são ouvidos pela sua eloquência. Mas nesse mundo em que a extroversão e as aparências parecem governar, os introvertidos acabam sentindo como se não houvesse espaço para as suas vozes. Como influenciar, convencer pessoas e vender ideias quando somos quietos? Quando o lado da vida no qual estamos mais confortáveis é o interior? É aí que entra Jennifer Kahnweiler, que traz as provas de que existe mais de uma maneira de ser influente. A autora mostra como os introvertidos podem ser influenciadores altamente eficientes quando, em vez de tentar agir como extrovertidos, usam suas forças naturais para fazer a diferença.
A força dos quietos, Jennifer Kahnweiler, Editora Gente, ISBN 9788573129373, capa, livro, sinopse
     Recebi "A Força dos Quietos" da parceria com a Editora Gente. Queria muito lê-lo desde o seu lançamento.


     Escolha o Seu Sonho - Cecília Meireles, Editora Record, ISBN: 8501001716, ano: 1979, páginas: 131, Skoob.
     Sinopse: Nestas páginas, Cecília Meireles vê o mundo como ele é, e corrige-o para como deveria ser. Não o corrige pela violência, mas pela poesia.
Escolha o Seu Sonho, Cecília Meireles, Editora Record, crônicas, livro, capa, sinopse
     Pequei "Escolha o Seu Sonho" emprestado, já li e resenharei em breve. Foi o primeiro livro da Cecília Meireles que li.


     É Agora... Ou Nunca - Marian Keyes, Editora Bertrand Brasil, ISBN: 8528612120, ano: 2006, páginas: 588, Skoob. Onde comprar online: Submarino, Americanas.
     Sinopse: Tara, Katherine e Fintan são amigos inseparáveis. Nascidos no interior da Irlanda, partiram juntos para Londres e se deram muito bem profissionalmente, pelo menos. Pois, nas grandes cidades, o mercado amoroso está saturadíssimo! E os corações dos três, todos na faixa dos trinta e poucos anos, podem não agüentar: o de Tara já se partiu, o de Katherine está prestes congelar e o de Fintan pode até parar de bater. É chegada então a hora de gritar por mudanças... ou calar-se para sempre!
     Neste É Agora... ou Nunca, de Marian Keys, a irlandesa que conquistou o mundo com Melancia, Férias!, Sushi e Casório?!, o destino entrará em cena sem pedir licença, mudando as vidas dos três amigos de forma totalmente inesperada... e muito divertida!
     Tara namora Thomas há dois anos, mas o relacionamento é, digamos assim, morno... frio... gelado, mesmo: o sexo do casal é como Papai Noel, que não existe, mas, se você tiver muita fé, aparece, todo coberto de neve, uma vez por ano. Thomas, ainda por cima, é um pé-rapado que vive comprando presentes ridículos para a namorada - como cremes para as mãos e bolsas de água quente... em promoção. Para piorar, ele ainda tem a coragem de dizer que Tara está gorda - só porque seu manequim pulou de 42 para 50!
     Já Katherine é uma mulher independente e equilibrada, que sempre atraiu os olhares masculinos. Mas sua primeira decepção amorosa ocorreu aos 19 anos, abrindo feridas jamais cicatrizadas. Hoje, ela prefere se relacionar com vitrines de lojas de roupas ou controle remoto de sua televisão. Nem Joe Roth, o colega de trabalho bonitão que se ofereceu para ajudá-a a trocar de canal, parece interessá-la.
     E Fintan, que nunca escondeu sua homossexualidade, encontrou o equilíbrio na amizade da dupla. Mas esse círculo, antes perfeito, fica a ponto de se quebrar quando ele revela sofrer de uma séria doença. Assim, as duas prometem fazer tudo o que o amigo pedir e o mundo fica de pernas para o ar! Graças às suas exigências malucas, Fintan assiste de camarote às mudanças - para melhor, claro - nas vidas de Tara e Katherine. 
     Marian Keys narra os problemas dos três personagens de forma muito engraçada e original, fazendo deste É Agora... ou Nunca um livro imperdível para quem se deliciou com Melancia, Férias!, Sushi e Casório?!.
É Agora... Ou Nunca, Marian Keyes, Editora Bertrand Brasil, ISBN, 8528612120, livro, capa, sinopse
     Peguei "É Agora... Ou Nunca" emprestado, já li e resenharei em breve. Foi o segundo livro da Marian Keyes que li (o primeiro foi "Melancia"), se eu já gostava da autora antes, agora gosto mais ainda. Foi uma ótima leitura!

     Vocês já leram algum desses livros? Tem vontade de ler?
     Espero que tenham gostado do post.

     SORTEIO DO LIVRO "A Linguagem das Flores", CLIQUE AQUI E PARTICIPE.

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

sábado, 17 de maio de 2014

Antes de Partir

Filme, Antes de Partir, The Bucket List, 2007, Jack Nicholson, Morgan Freeman, música, Say

     Leia ouvindo a música "Say" do John Mayer:

     Recentemente vi um filme chamado "Antes de Partir" (The Bucket List, 2007). Ele conta a história do mecânico Carter Chambers (Morgan Freeman) e de Edward Cole (Jack Nicholson), dono de um hospital . Os dois se conhecem quando descobrem que tem câncer e poucos meses de vida.
     Carter tinha uma lista de coisas que queria fazer antes de morrer, Edward vê essa lista e resolve incrementá-la com coisas que ele gostaria de fazer; e os dois decidem realizar os itens da lista. São coisas como fazer uma tatuagem, saltar de paraquedas, beijar a garota mais linda do mundo...
     É um filme bem emocionante e que recomendo que todos assistam. Só pelas atuações de Morgan Freeman e Jack Nicholson já vela a pena.
     Uma cena que me marcou foi quando Carter e Edward estavam nas pirâmides do Egito e, se não me engano, Carter conta a lenda de que para entrar no paraíso, eram feitas duas perguntas aos espíritos: se a pessoa encontrou a alegria em sua vida e se proporcionou alegria para outra pessoa. A resposta para as duas deveria ser sim. O que você responderia hoje?
     Quando o filme acabou, fiquei pensando: "Por que deixar para ser feliz quando se está prestes a morrer"?
     Por que não aproveitar cada dia? Fazer uma lista de desejos e ir realizando-os ao longo dos anos?
     Por que seria errado aproveitar a vida? Por causa da sociedade que prega que devemos viver assim ou assado, fazer isso ou aquilo? Ora, nós somos a sociedade!
     Fazer uma tatuagem, saltar de paraquedas, pintar o cabelo de verde, andar de skate, conhecer sua banda favorita, aprender a tocar violão, ver o pôr do sol mais lindo do mundo, fazer uma criança sorrir... o que você gostaria de fazer antes de partir? O que te traria alegria?
     Pense nisso, monte sua lista e vá realizando seus desejos! Não espere até não ter mais tempo.
     E, por favor, muito cuidado ao criticar as escolhas dos outros! O que não é importante para você pode ser o que fará diferença para outra pessoa. Seja mais tolerante! Pense duas vezes antes de destruir o sonho alheio. Por favor!
     Sinceramente, não temos garantia alguma de uma segunda chance. Aproveite a vida, encontre e proporcione alegria! Faça valer a pena!
     Eu estou tentando.

__ x __

     Escrevi estas linhas por acreditar que fosse importante. Espero que vocês tenham gostado.
     Tenham um bom final de semana!
     Um abraço!
     Maria.

Sorteio do livro "A linguagem das flores".

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Lançamentos de maio, Editora Gente e Única

     Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje venho mostrar os livros que estão sendo lançados pela Editora Gente e pela Única em maio. São três lançamentos da Gente e dois da Única.

O mapa da felicidade
O mapa da felicidade, livro, onde comprar, Heloísa Capelas, capa, sinopse
     Autora: Heloísa Capelas
     Selo: Gente
     ISBN: 978-85-7312-957-1
     Formato: 14 x 21
     Páginas: 240
     Gênero: Autoajuda
     Preço de capa: R$ 29,90
     Skoob
     Onde comprar online: site da editora, Saraiva (com desconto), Submarino, Cultura.

     Sinopse: Heloísa Capelas é especialista no desenvolvimento do potencial humano e acredita que é a partir do autoconhecimento que as pessoas poderão encontrar a felicidade. Afinal, elas se sentem infelizes, mas não sabem como fazer uma verdadeira mudança que as leve ao encontro daquilo que poderá suprir esse vazio.
     A felicidade é idealizada por fatores externos que, quando alcançados, não satisfazem porque internamente falta o essencial: o amor-próprio. Então, é fundamental ter um encontro consigo mesmo, é preciso fazer o exercício do autoconhecimento a fim de conhecer seus pontos fortes e fracos, planejar as mudanças que deseja, elevar a autoestima e viver intensamente o amor por si mesmo.
     Em O mapa da felicidade, o leitor será convidado a viver uma revolução interna.

     Sobre a autora: Heloísa Capelas é especializada em desenvolvimento do potencial humano por meio do autoconhecimento e do aumento da competência emocional há mais de vinte anos. Conferencista nacional e internacional, aplica cursos com a Metodologia Hoffman, considerada por Harvard um dos trabalhos mais eficazes de mudança de paradigmas para líderes. É diretora do Centro Hoffman no Brasil. Coautora dos livros Ser + Inovador em RH, Ser + em Gestão de Pessoas e Master Coaches – Técnicas e relatos de mestres do coaching.


Mulher Alfa
Ser feliz, bem-sucedida e encontrar o par perfeito é mais fácil do que parece
Sonya Rhodes, Susan Schneider, Mulher Alfa, livro, autoajuda, relacionamentos, capa, sinopse
     Autoras: Sonya Rhodes, Susan Schneider
     Selo: Gente
     ISBN: 978-85-7312-956-4
     Formato: 16 x 23
     Páginas: 240
     Gênero: Autoajuda/Relacionamento
     Tradução: Sally Tilelli
     Preço de capa: R$ 29,90
     Skoob
     Onde comprar online: site da editora, Saraiva (com desconto), Submarino, Cultura.

     Sinopse: Você não precisa mudar quem é para ter tudo, precisa apenas mudar o foco.
     Você tem um carro legal, um apartamento fofo e um cachorro querido, mas o que sua tia quer mesmo saber é quando vai levar um namorado para o almoço de domingo.
     Você tem um emprego maravilhoso, uma carreira a todo vapor e um cabeleireiro que é um verdadeiro mago, e ninguém para recebê-la à noite em casa.
     E, além do mais, você tem tudo o que as revistas dizem que deveria ter: corpo bem-cuidado, amigas, vida social agitada e diversos interesses. Pode conversar por horas sobre livros, filmes, casos e tudo mais. Entretanto, onde está o cara que curtiria tudo isso de tão maravilhoso que você tem a oferecer?
     Pois chegou a hora de descobrir como encontrar o homem ideal em um piscar de olhos. Durante toda a vida, as mulheres são treinadas para acreditar que o homem perfeito precisaria ser o típico alfa: desejado por todas, supercompetitivo, de personalidade forte, com dinheiro no banco e um carrão. Ou seja, um belo babaca que se acha dono do mundo. Depois de muita pesquisa e anos de treino, as autoras ensinam como ler a dinâmica dos caras legais e fazer as melhores escolhas. Descubra bolsões imensos de caras legais e prontos para se comprometer. Encontre a magia dos homens beta!

     Sobre as autoras:
     Sonya Rhodes, Ph.D., completou seu doutorado em psicologia clínica na Universidade de Columbia, e tem trabalhado como psicóloga na cidade de Nova York ao longo de mais de trinta anos. Ela já trabalhou no New York Medical College, no Hunter College e na Jewish Board of Family and Childrens’ Services, uma das maiores clínicas de saúde mental do mundo. Ela é autora de três livros e já se apresentou como especialista em relacionamentos nos programas de TV Oprah, Good Morning America e Today.
     Susan Schneider é uma premiada ex-editora, colunista e colaboradora de várias revistas femininas, entre as quais Mademoiselle, Modern Bride e Sesame Street Parents. Ela é autora do romance The wedding writer (Escritora especializada em casamentos) e coautora do livro de não ficção Second honeymoon (Segunda lua de mel), com Sonya Rhodes. 


Geek Love – O manual do amor nerd
Geek Love – O manual do amor nerd, livro, capa, sinopse, onde comprar, barato, Eric Smith
     Autor: Eric Smith
     Selo: Gente
     ISBN: 978-85-7312-955-7
     Formato: 12,5 x 18
     Páginas: 208
     Gênero: Autoajuda/Relacionamento
     Tradução: Flávia Yacubian
     Preço de capa: R$ 19,90
     Skoob
     Onde comprar online: site da editora, Saraiva (com desconto), Cultura.

     Sinopse: Atenção, Player 1: você está prestes a embarcar na quest da sua vida.
     Este livro é para quem está cansado de viver a vida no single player mode.
     Este livro é para quem percebeu que todas as temporadas de Doctor Who não conseguem abafar aquele insistente sentimento de falta.
     Eric Smith sabe mais do que ninguém que existem prazeres imensos na vida geek. Amigos incríveis, conversas até de madrugada sobre realidades alternativas ou até mesmo o simples prazer de ler aquele lançamento de quadrinhos. No entanto, chega um momento na vida de todo nerd em que o amor bate à porta e daí vem a hora de jogar o xadrez tridimensional que é o mundo dos solteiros.
     Não se desespere, jovem Padawan! Deixe Smith guiá-lo por esse caminho e descubra que amar é muito mais do que flores e bombons. Afinal, nada é normal na vida do nerd, e o amor não é senão o mais extraordinário dos fenômenos humanos.

     Sobre o autor: Eric Smith é cofundador da Geekadelphia, um blog popular na Filadélfia que aborda todo o universo nerd. Em 2011, participou da criação do The Philadelphia Geek Awards com Tim Quirino e a Academia de Ciências Naturais. Eric é bacharel em Inglês pela Universidade de Kean e mestre em Inglês pela Universidade de Arcadia, duas escolas que ele adora.
     Nativo de New Jersey, ele atualmente vive na Filadélfia. Você pode encontrá-lo no Twitter em @ericsmithrocks e @geekadelphia.


Um milagre chamado Grace
Kristin Von Kreisler, Um milagre chamado Grace, livro de cachorro, livro, capa, sinopse
     Autor: Kristin Von Kreisler
     Tradução: Iona Teixeira Stevens
     Selo: Única Editora
     ISBN: 978-85-67028-30-9
     Formato: 14x21
     Páginas: 288
     Gênero: Ficção
     Preço de capa: R$ 29,90
     Skoob
     Onde comprar online: site da editora, Saraiva (com desconto), Submarino, Cultura.

     Sinopse: Você nunca mais verá os olhos de um cão da mesma maneira...
     Depois de ter sobrevivido a uma tragédia em que vários de seus amigos foram mortos, Lila Elliot sabe que suas cicatrizes só amenizarão com o tempo. E ela é grata pelo carinho de sua melhor amiga, que a hospedou em sua casa para que ela não ficasse sozinha e recebesse seus cuidados. Entretanto, algo em seu coração não consegue esquecer a tristeza e a dor desse trauma. Até que ela conhece Grace, uma golden retriever que sofreu abusos e maus tratos, mas que havia sido resgatada por Adam, um homem de bom coração que não suportou ver um animal tão triste e sofrido. Lila, que tem verdadeiro pavor de cães desde a infância, terá de dividir o espaço com Grace. As duas precisam de amor e de tempo para superar suas tragédias pessoais. Grace mantém distância de Lila, pressentindo o medo que ela sente. Aos poucos, porém, Lila consegue enxergar pelos olhos de Grace o amor e a coragem que são tão importantes para seguir em frente.
     Um romance apaixonante, sobre os dramas da vida, as incertezas e o amor que chega inesperadamente.

     Sobre a autora: Kristin von Kreisler nasceu em 4 de outubro, dia de São Francisco de Assis, e dedicou toda a sua vida ao cuidado e ao resgate de animais. A autora escreveu diversos best-sellers, entre eles For Bea, um livro de memórias sobre seu relacionamento com sua beagle, que foi traduzido para dez línguas. Seu primeiro livro, The Compassion of Animals, foi selecionado como o livro do mês por diversos clubes de leitura.
     Kristin também escreve para diversos veículos como o Washington Post, Los Angeles Times e Reader’s Digest. Ela também lecionou Inglês na University of Hawaii e Jornalismo na California State University. A autora vive em Washington. 


Gears of War – Fim da Coalizão
Gears of War – Fim da Coalizão, Karen Traviss, jogo, game, livro, capa, sinopse
     Autor: Karen Traviss
     Tradução: Flávia Gasi
     Selo: Única Editora
     ISBN: 978-85-67028-28-6
     Formato: 16 x 23
     Páginas: 448
     Gênero: Ficção
     Preço de capa: R$ 44,90
     Onde comprar online: site da editora, Saraiva (com desconto), Submarino (com desconto), Cultura.

     Sinopse: A batalha que vai definir o futuro da Coalizão!
     Com Sera dizimada pela Horda Locust e sua população quase extinta, ela agora se divide em três facções: os Abandonados, aqueles que lutam para viver em pequenos grupos e não atendem a nenhum governo; a COG (Coalizão Ordenada de Governos), que um dia fora uma grande organização mas que hoje foi reduzida a um punhado de militares e civis; e os Gorasnis, os últimos sobreviventes da URI (União das Repúblicas Independentes), antigos inimigos da COG.
     Quinze anos depois do colapso mundial, COG e URI buscam refúgio na pequena e remota ilha de Vectes. Entretanto, depois da fuga e de uma breve paz entre as duas nações, Marcus Fenix e seus companheiros devem lutar contra outra ameaça, os Lambent, enquanto tentam descobrir as origens das mutações que assolam Vectes e Sera.
     Ao decidir entre duas missões suicidas, os Gears e a URI ainda devem enfrentar o presidente Richard Prescott, que guarda um último segredo sobre os Locust e os Lambent. Um segredo que pode definir o futuro da humanidade. Se houver um sobrevivente.

     Sobre a autora: Karen Traviss já escreveu sagas do Star Wars, criando inclusive uma linguagem própria para os clones da República, Halo, Wess'Har e também para os livros de Gears of War, que também tornaram-se best-sellers. Karen também escreve peças teatrais e quadrinhos. Sua obra pode ser consultada em www.karentraviss.com.

     Esses são os cinco lançamentos do mês. E eu simplesmente me interessei por todos!!! Como faz com essa vontade de querer ler todos? E vocês, acharam mais interessante qual deles?
     Para ficar por dentro das novidades da editora Gente e da Única, é só acessar o site www.editoragente.com.br e acompanhar as editoras nas redes sociais: Gente no Facebook, Única no Facebook.

     Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado do post.
     E continuem participando do sorteio do livro "A linguagem das flores".

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Resenha premiada: livro "A linguagem das flores", Vanessa Diffenbaugh

     Olá pessoal, tudo bem? Hoje trago a resenha do livro "A linguagem das flores", escrito por Vanessa Diffenbaugh e publicado no Brasil pela Editora Arqueiro.
Capa, livro, A linguagem das flores, Vanessa Diffenbaugh, Editora Arqueiro, resenha, sorteio, livro sobre adoção, sinopse, trecho, livro sobre flores
Capa, livro, A linguagem das flores, Vanessa Diffenbaugh, Editora Arqueiro, resenha, sorteio, livro sobre adoção, sinopse, trecho, livro sobre flores

     Victoria Jones era órfã, passou por mais de 30 casas e abrigos para menores, conviveu com famílias e pessoas que a trataram mal e fizeram com que a garota passasse a odiar a humanidade.
     Aos 18 anos foi emancipada, não podia continuar morando no abrigo. Sem ter outra opção, Victoria foi morar na rua, um lugar nada seguro. Até conseguir um emprego numa floricultura. Graças ao seu grande talento com as flores, ela era capaz de criar arranjos que transmitissem exatamente os sentimentos que o comprador quisesse passar.
     Quando ela tinha 10 anos, idade em que estava na sua última chance de ser adotada, antes de ser considerada inapta para adoção, foi mandada para a casa de Elizabeth. Uma mulher que lhe ensinou, entre outras coisas, sobre a linguagem das flores (criada na era vitoriana, onde o envio de flores e arranjos florais era usado para enviar mensagens codificadas, expressando sentimentos que de outra forma não poderiam ser ditos).
     Com Elizabeth, Victoria pensou que finalmente poderia ter uma casa de verdade, uma família, uma mãe. Só que Elizabeth não era perfeita, como ninguém é, ela tinha problemas, e Victoria tentou resolve-los do seu jeito. Isso criou uma grande confusão e fez com que a garota perdesse de vez suas esperanças de ter uma vida normal. Só o que restou foi uma grande mágoa e o conhecimento da linguagem das flores, coisas que ela continuou carregando e usando ao longo dos anos seguintes.
   "- É um pouco irônico, não acha? - indagou ele, olhando para as rosas à nossa volta. Estavam todas abertas e nenhuma era amarela. - Você estar obcecada com uma linguagem romântica, inventada para que amantes pudessem se comunicar, e usá-la para espalhar a hostilidade." (página 102)
     Um dia, enquanto fazia compras no mercado das flores com sua patroa, Victoria encontrou um rapaz que mexeu com seus sentimentos. Ele também parecia conhecer sua linguagem secreta e ela tinha a sensação de já o ter visto no passado.
     Esse encontro trouxe mudanças para sua vida e fez com que ela enfrentasse seus antigos fantasmas.

     Gostei muito do livro e falar sobre ele é relativamente complicado. Sempre tive curiosidade de saber como era a vida das crianças em um orfanato e como era depois dele.
     Vi que alguns leitores discordam das atitudes de Victoria. Sinceramente, se eu estivesse no lugar dela, talvez agisse de maneira semelhante. Será que uma pessoa que passou por inúmeras dificuldades, nunca conheceu o amor e o afeto, que na única vez em que confiou em alguém saiu extremamente magoada, seria capaz de amar e dar afeto para alguém?
     Creio que, infelizmente, as pessoas tenham muita dificuldade de se colocar no lugar do outro; talvez por terem vivido experiência diferentes.
     "O fato de minha vida ter virado de cabeça para baixo não importava a ninguém e, ali fora, naquela calçada, longe da fonte do tumulto, meu pânico pareceu injustificável." (página 218)
     A grande lição que fica do livro é que qualquer pessoa pode se tornar algo belo e também pode contribuir para que outras pessoas se tornem. A história mostra o desabrochar de Victoria, a sua descoberta da vida.
     "Talvez os indiferentes, os rejeitados, os mal-amados pudessem aprender a dar amor com tanta abundância quanto qualquer outra pessoa." (página 282)

livro, A linguagem das flores, Vanessa Diffenbaugh, Editora Arqueiro, resenha, sorteio, livro sobre adoção, sinopse, trecho, livro sobre flores

     A narração é feita em primeira pessoa, o livro é dividido em 4 partes, no final tem um dicionário com os significado das flores de Victoria Jones.
     A capa é extremamente bonita, assim como todo o livro; as folhas são amareladas, o tamanho das letras e margens é bom.

     Recomento a leitura de "A linguagem das flores", um livro lindo e emocionante sobre a vida, o perdão, o amor e as flores.

     Detalhes: 282 páginas, ISBN: 9788580410174, Skoob, Onde comprar online: Americanas, Submarino.


     Sorteio: vou sortear um exemplar do livro para os leitores do blog.
     Para participar é preciso:
     - ter endereço de entrega no Brasil,
     - curtir a página do blog no Facebook (www.facebook.com/petalasdeliberdade),
     - compartilhar publicamente a imagem da promoção (link da imagem),
     - preencher o formulário abaixo.
     Inscrições até 12/06/2014; resultado: 13/06. Entrarei em contato com o vencedor por e-mail, ele terá uma semana para responder ao e-mail me passando seu endereço para entrega do prêmio ou o sorteio será refeito. O prêmio será enviado por mim em até 30 dias.
     Chances extras:
     - Comentar na resenha (só vale um comentário). Preencha o fomulário mais uma vez colocando o nome que usou para comentar no campo chance extra.
     - Ser seguidor do blog. Preencha o fomulário mais uma vez colocando o seu nome de seguidor no campo chance extra.
     - Me seguir no Twitter (twitter.com/marijleite) e twettar a frase: " #Sorteio Vou ganhar o #livro "A linguagem das flores" que a @marijleite está sorteando em seu blog http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/2014/05/resenha-premiada-livro-linguagem-das.html . "  Preencha o fomulário mais uma vez colocando o link do seu twette no campo chance extra (pode twettar quantas vezes quiser, mas apenas uma vez por dia).
     - Adicionar o blog aos seus círculos no G+. Preencha o fomulário mais uma vez colocando o link do seu perfil no campo chance extra.
     - Me seguir no Instagram (instagram.com/marijleite).  Preencha o fomulário mais uma vez colocando o link do seu perfil  no campo chance extra.

     Alguma dúvida?

     Espero que vocês tenham gostado da resenha. Alguém aí já leu esse livro? Boa sorte!

     Atualizado em 13/06/2014.
     Resultado:
     E quem ganhou o livro foi:
     Parabéns Talita da Silva Vieira, enviei um e-mail para pegar seu endereço, caso você não responda em uma semana, o sorteio será refeito.
     Quem não ganhou, não precisa ficar triste: tem sorteio de 2 kits do livro "Intenso Demais" (clique aqui para participar) e nas próximas semanas devo trazer mais promoções para vocês!
     Muito obrigada pela participação de todos!


Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Book trailer: Contos e Crônicas do Absurdo e parceria com a autora Rô Mierling

     Olá pessoal, tudo bem? Hoje venho trazer uma boa notícia: o blog agora é parceiro da autora Rô Mierling!

Rô Mierling, autora
  BIOGRAFIA
  Rô Mierling, gaúcha, escritora, ghost writer, revisora literária, assessora editorial e pesquisadora acadêmica há mais de dez anos. Já revisou e colaborou na finalização de muitos livros, atualmente está lançando seu livro Contos e Crônicas do Absurdo e organizando a 1ª Antologia Amor e Morte. A autora dirige dois blogs literários, duas fans pages, participando ainda como produtora de conteúdo do site Divulga Escritor, Varal do Brasil, Recanto das Letras, Portal da Literatura e Arca Literária, filiada da REBRA.
     Rô Mierling foi eleita como uma das cronistas premiadas pela Câmara Brasileira de Jovens Autores com o conto Desencontros.

     CONTOS E CRÔNICAS DO ABSURDO
livro, CONTOS E CRÔNICAS DO ABSURDO
      SINOPSE: A obra analisa personagens reais em eventos do cotidiano, descritas em uma ótica crítica, dramática e até irônica, destacando o absurdo de certos eventos que todos consideram normal. Uma menina que desaparece, uma mulher com cinco namorados em uma única semana, uma adolescente que é sequestrada por não saber ler, um assalto fatal que deixa marcas, o drama doméstico do Facebook, a filosofia do beijinho, a tatuagem e seus estigmas, casos insólitos e reais. Esses e muitos outros assuntos são o foco dos contos e crônicas desse livro dinâmico, ágil, divertido e reflexivo. Livro de leitura rápida e fácil para leitores e até “não leitores”.

   Veja o book trailer do livro:

     Na fanpage do livro está rolando uma promoção imperdível, para participar clique aqui e leia o regulamento.
Promoção, sorteio, livro, CONTOS E CRÔNICAS DO ABSURDO


     A Rô Mierling também é organizadora da Antologia Amor e Morte:
Antologia Amor e Morte, livro, Rô Mierling
     SINOPSE: Antologia contendo 30 autores distribuídos em contos, crônicas e poesias acerca do tema amor (falando de paixões, de vida, de tesões, de carinhos e de reacionamentos) e de morte (saudades de alguém que se foi, dor da morte, fascínio pela morte, medo da morte). 

     Acompanhem também a autora nos blogs Books and Sensations (fanpage) e Contos e Crônicas do Absurdo ou no seu perfil pessoal no Facebook.

     Ainda não li os livros da Rô, mas uma coisa é certa: as capas são lindas!

     Aguardem mais novidades sobre essa parceria!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Resenha: livro "O Destino de Daenerys", Márjorie Barth

     Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é "O Destino de Daenerys", escrito pela Márjorie Barth e publicado pela Editora Imagini.
O Destino de Daenerys, Márjorie Barth, resenha, livro, autor brasileiro, romance sobrenatural, trechos

     A história começa quando a jovem Catarina decide fazer Bungee Jump, ela salta de uma ponte só que o equipamento ainda não havia terminado de ser arrumado. Ela iria morrer, se um anjo não tivesse salvado sua vida.
     Swayer é seu lindo anjo protetor; a partir desse dia eles se veem mais vezes. Catarina, ou Kate como também é chamada, acaba se sentindo atraída por ele, mas ele jamais poderia ser dela por ser um anjo.
     Muitas coisas estranhas começam a acontecer na vida de Kate e de seus amigos. É muito difícil para ela entender tudo o que está acontecendo e o que o nome Daenerys tem a ver com tudo isso.
     "Acho que talvez eu ainda esteja caindo, ou seja, aquele tipo de sonho dentro de outro e de outro sonho... acho que talvez eu só precise saltar para acordar e voltar a minha vida normal." (página 63)
     O leitor precisa estar atento para entender tudo o que está acontecendo e tentar desvendar os mistérios desse romance sobrenatural. A cada página que lia, eu pensava: "Aonde essa história vai parar?". O livro tem um ritmo muito ágil, uma linguagem de fácil entendimento e muito suspense.
     Uma coisa que achei interessante é que "O Destino de Daenerys" nos faz pensar em como nossas ações tem consequências que não podemos controlar; e se somos culpados ou não por essas consequências.
     "— Você tem sempre tantas perguntas. É melhor ser forte para aguentar as respostas. – Respondeu duramente." (página 73)
     "O Destino de Daenerys" tem apenas 120 páginas e pode ser lido rapidamente. Ele é dividido em capítulos curtos, cada um começa com uma ilustração semelhante a da capa (que achei linda).
     Adoraria que o livro fosse maior para que a história tivesse sido mais desenvolvida; felizmente, a autora disse que terá continuação.

     Detalhes: site, ISBN: 9788577275878, ano: 2013, 120 páginas, Skoob. Onde comprar online: site da editora, Livraria Culturae-book na Amazon.
     Para ver o book trailer de "O Destino de Daenerys" clique aqui.
     Curta a página da editora Imagini no Facebook.

     Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado da resenha. Alguém aí já leu esse livro?

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.